CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Bolsonaro afirma que não irá participar de debates no segundo turno
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Ciência & Saúde
  Ciência & Saúde
 
Novo colírio pode curar miopia
Data Publicação:01/03/2018
Quase três cada dez pessoas no mundo têm miopia, condição que prejudica a visão à distância. A doença tem se tornado cada vez mais comum e pode atingir metade da população até 2050.

Atualmente, quem sofre da doença deve utilizar lentes corretivas ou realizar uma cirurgia refrativa, que insere uma lente corretiva permanente nos olhos. Um novo colírio, desenvolvido por pesquisadores da Universidade Bar-Ilan e do Centro Médico Shaare Zedeke, em Israel, pode curar a miopia e outros problemas de visão.

Chamado de Nanodrops, o medicamento utiliza nanopartículas encapsuladas que são colocadas sobre as camadas mais superficiais da córnea. Para isso, os pacientes utilizam um app para smartphones capaz de medir a refração do olho e criar uma imagem padrão de laser e um padrão ótico na superfície da córnea. Só então o tratamento com o colírio é iniciado.

O método foi testado em animais e conseguiu corrigir o problema e até curar córneas danificadas, em uso contínuo. Um dos pesquisadores indica que houve uma mudança de até dois graus de miopia e hipermetropia em porcos.

Ainda não se sabe quanto tempo de uso do medicamento é necessário para resolver o problema nos olhos, nem quanto tempo a restauração da visão dura. A novidade deve ser testada até o final de 2018 em humanos e, caso os resultados sejam positivos, o colírio pode chegar às farmácias do mundo nos próximos anos.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Palestra gratuita no RJ sobre Barras de Access ensina a trabalhar os 32 pontos energéticos e superar limitações
- 26 planos de saúde de 11 operadoras são suspensos no país; saiba quais são
- Brasileiros podem ser atendidos de graça em hospitais de três países; confira
- Por que pular corda une diversão e vida saudável
- Pessoas inteligentes têm menos amigos, revela nova pesquisa; entenda por quê
- Expectativa de vida humana máxima pode não ter sido atingida ainda
- Segundo estudo, pessoas que tomam café e cerveja possuem mais chance de viver até os 90 anos
- Anvisa suspende três medicamentos por irregularidades
- Vacinação contra a gripe começa em todo o país nesta segunda-feira
- Médicos encontram novo órgão no corpo humano por acidente
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.