CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
QUARTA-FEIRA, 20 DE JUNHO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Apple assina contrato de muitos anos com Oprah Winfrey
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Ciência & Saúde
  Ciência & Saúde
 
Cientistas descrevem molécula capaz de melhorar dispositivos de memória flash
Data Publicação:20/11/2014

Londres, 19 nov (EFE).- Um estudo publicado nesta quarta-feira na revista "Nature" descreve uma nova molécula que pode melhorar os dispositivos de memória flash utilizados em smartphones, cartões de memória e câmeras de vídeo, entre outros aparelhos.

As memórias flash são um extenso meio de armazenamento digital que pode ser apagado e reprogramado eletronicamente com uma só ação.

"Nosso trabalho tem como objetivo melhorar o número de bits por cada célula para aumentar a capacidade total da memória flash, assim como a confiabilidade e os consumos de energia", explicou à Agência Efe a espanhola Laia Vilà, cientista da Universidade de Glasgow, que participou do estudo.

A nova molécula pode ter uma implementação prática na escala nanométrica ao se reduzir o tamanho das células que armazenam a informação nas memórias flash.

Os pesquisadores utilizam moléculas individuais para substituir as peças de armazenamento habituais nas memórias.

Segundo os autores, o trabalho "apresenta o uso dos polioxometalatos (óxido de tungsténio) como candidatos viáveis, confiáveis e compatíveis em dispositivos de memória".

"O desenvolvimento da tecnologia das memórias flash é importante em eletrônica de consumo. Temos que conseguir uma maior capacidade de armazenamento, aumentar sua confiabilidade e sua segurança", afirmaram os autores da pesquisa. EFE




Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Segundo estudo, pessoas que tomam café e cerveja possuem mais chance de viver até os 90 anos
- Anvisa suspende três medicamentos por irregularidades
- Vacinação contra a gripe começa em todo o país nesta segunda-feira
- Médicos encontram novo órgão no corpo humano por acidente
- Chile comercializa seu primeiro remédio à base de maconha
- Conheça as curiosidades envolvendo o Viagra
- Sistema supera médicos humanos ao diagnosticar doenças
- Cientistas brasileiros desenvolvem molécula para combater leucemia
- Australiano de 99 anos nada 50m em menos de um minuto
- Novo colírio pode curar miopia
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.