CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 16 DE NOVEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Diretor do Santander será presidente do BC do governo Bolsonaro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Saúde
  Saúde
 
Resistente, DST se alastra e alarma médicos por resistência
Data Publicação:17/07/2018
Especialistas europeus fizeram um alerta importante sobre uma infecção sexualmente transmissível: isso porque, pouco conhecida, ela pode se tornar uma superbactéria resistente a tratamentos com antibióticos.

A Mycoplasma genitalium (MG) como é conhecida já tem se mostrado resiste a alguns desses remédios. No Reino Unido, autoridades de saúde estão preocupadas e trabalham para evitar que o quadro vire um caso de emergência pública.

A bactéria pode ser transmitida por meio de relações sexuais com um parceiro contaminado – e pode ser evitada com o uso de camisinha.

Nos homens, causa a inflamação da uretra, levando a emissão de secreção pelo pênis e a dor ao urinar. Nas mulheres, pode inflamar os órgãos reprodutivos – o útero e as trompas de falópio – provocando não só dor, como também febre, sangramento e até infertilidade.

Embora o crescimento de casos da MG ocorra principalmente na Europa, o Ministério da Saúde diz monitorar a bactéria no Brasil. Como as secretarias de Saúde municipais e estaduais não são obrigadas a informar os casos da infecção, não é possível saber quantas são as pessoas atingidas.

No Reino Unido, no entanto, as taxas de erradicação da bactéria após o tratamento com um grupo de antibióticos chamados macrolídeos estão diminuindo. A resistência dela a esses remédios é estimada em cerca de 40%. (Com informações da BBC).


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Uso excessivo de álcool, drogas e remédios pode causar hepatite
- Comissão do Senado aprova liberação de inibidores de apetite
- SUS imuniza 84% do público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe
- Câmara aprova projeto que iguala farmácias a estabelecimentos de saúde
- Consumo de açúcar em grande quantidade pode causar diabetes, Alzheimer e até câncer
- Café pode evitar cárie e remover placa bacteriana, indica estudo
- Vacina contra coqueluche será oferecida na rede pública
- Pediatras recebem novas orientações para bebês expostos ao HIV
- Pacientes com câncer têm direito ao tratamento em até 60 dias
- Novo tratamento erradica câncer de colo de útero
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.