CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEGUNDA-FEIRA, 10 DE DEZEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Bumblebee
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Economia
  Economia
 
Ministério Público investiga empréstimo ilegal do Banco do Brasil à Val Marchiori, quando Aldemir Bendine era presidente
Data Publicação:07/02/2015

Mal assumiu a presidência da Petrobras, às voltas com um escândalo bilionário com requintes de corrupção, o executivo Aldemir Bendine já se depara com uma denúncia que ele terá de esclarecer. Trata-se do empréstimo de R$ 2,79 milhões concedido pelo Banco do Brasil à empresa da socialite Val Marchiori, em 2013, quando Bendine era o presidente.

Nesta sexta-feira (6), o Ministério Público Federal (MPF) pediu a abertura de um inquérito sobre a operação financeira, que é considerada irregular. Isso porque a subcelebridade tinha restrição de crédito e, mesmo assim, conseguiu acesso ao dinheiro no Banco do Brasil por meio de uma linha subsidiada pelo BNDES.

Val Marchiori é amiga de Aldemir Bendine, conforme a Folha de S.Paulo revelou.

Um grupo de funcionários do banco entrou com uma representação no MPF, questionando a lisura do empréstimo tomado pela empresa Torke Empreendimentos, propriedade de Val.

A Justiça Federal ordenou ao BB que apresente os documentos sobre empréstimos feitos à socialite desde 2009. A instituição tem cinco dias para justificar a movimentação financeira.

Enquanto espera o material, o MPF informa que "os procuradores requerem à Polícia Federal que aprofunde as investigações".

À Folha, no passado, Bendine negou ter participado da concessão do empréstimo. Ele classificou como "coincidências" ter ficado hospedado no mesmo hotel que Val em duas ocasiões.

Por causa desse episódio, que veio à tona em 2014, Bendine quase saiu da presidência do Banco do Brasil.

Outra denúncia que pesa contra o novo comandante da Petrobras foi feita por um ex-motorista do Banco do Brasil. Sebastião Ferreira da Silva declarou ao MPF que diversas vezes efetuou pagamentos em dinheiro vivo por ordem de Bendine.

Desconfiança do mercado

A opção da presidente Dilma Rousseff por Bendine para a presidência da Petrobras foi vista com desconfiança pelo mercado.

Como é próximo ao PT, ele não é considerado um executivo capaz de blindar a estatal de corrupção e aumentar a eficiência interna.

Dilma mais uma vez ignorou a recomendação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que desejava ver Henrique Meirelles na vaga deixada por Graça Foster.

O ex-presidente do Banco Central na gestão Lula é muito bem acolhido por empresários, mas não conta com a menor simpatia de Dilma.




Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Banqueiro vê rali no mercado mesmo se Haddad ganhar eleições
- Jack Ma reconsidera promessa de criar 1 milhão de postos de trabalho nos EUA
- Dólar deve voltar a oscilar na próxima semana, afirmam analistas
- Economia brasileira cresce 0,2% no segundo trimestre em relação ao primeiro
- Dólar sobe 1,5%, encosta em R$4,15 com cena eleitoral e tem segunda maior cotação da história
- Prepare o coração: dólar já está mais volátil do que nas últimas três eleições
- Cobalto é o novo ouro e escassez já preocupa mineradores; entenda
- Saiba qual será o salário mínimo para 2019, de acordo com o governo
- A fabricante de alimentos Kraft Heinz trará novos produtos para o Brasil
- Dólar comercial atinge maior patamar desde 2016. Entenda a valorização da moeda frente ao real
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.