CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
QUARTA-FEIRA, 26 DE SETEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Mulher é presa por agredir namorado e policial dentro de delegacia, em Jaraguá
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Economia
  Economia
 
Microsoft deve superar Apple em três anos, diz Forbes
Data Publicação:07/12/2013

A Microsoft pode ter passado por maus momentos nos últimos anos, mas a empresa parece estar se recuperando e pretende assumir novamente a liderança entre as gigantes da tecnologia. Inclusive, segundo Mark Fidelman, colaborador da revista Forbes, a empresa fundada por Bill Gates deve superar a Apple em três anos.

De acordo com essa publicação, as ações da Microsoft valorizaram 47% nos últimos 12 meses, o que é explicado basicamente pela aquisição da divisão de celulares da Nokia. Depois disso, o Windows Phone finalmente parece ter decolado, se tornando a plataforma para smartphones com maior crescimento na atualidade.

Ele já é o segundo sistema operacional móvel mais utilizado na América Latina e na Índia, apresentando um aumentou de 48% ano sobre anos da sua participação de mercado na Europa, África e Oriente Médio. Além disso, os aparelhos da linha Lumia tiveram um aumento de vendas ano sobre anos de 366% nos Estados Unidos.

Todd Brix, gerente geral da Microsoft para aplicativos e a loja virtual do Windows, explicou ao jornalista que a companhia aposta na integração de seus produtos, como Windows 8.1, Office 365 e Xbox, para facilitar o desenvolvimento de novos softwares e serviços — o que atrairia os olhares dos consumidores para suas soluções, que em teoria seriam mais completas.

Mantendo esse foco no segmento de portáteis, a Nokia está investindo pesado em aparelhos cada vez mais qualificados e que ofereçam novos recursos exclusivos, além de trazer um número maior de apps para a plataforma — com especial destaque para um aplicativo social que as pessoas possam indicar e comentar o desempenho dos apps que utilizam, explicou Vincenzo Belpiede, executivo da Nokia.

Como se isso não bastasse, a Microsoft tem expandido seus data centers e almeja abocanhar uma fatia ainda maior do mercado de países emergentes — o que deve incluir o Brasil.




Fonte:techtudo



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Jack Ma reconsidera promessa de criar 1 milhão de postos de trabalho nos EUA
- Dólar deve voltar a oscilar na próxima semana, afirmam analistas
- Economia brasileira cresce 0,2% no segundo trimestre em relação ao primeiro
- Dólar sobe 1,5%, encosta em R$4,15 com cena eleitoral e tem segunda maior cotação da história
- Prepare o coração: dólar já está mais volátil do que nas últimas três eleições
- Cobalto é o novo ouro e escassez já preocupa mineradores; entenda
- Saiba qual será o salário mínimo para 2019, de acordo com o governo
- A fabricante de alimentos Kraft Heinz trará novos produtos para o Brasil
- Dólar comercial atinge maior patamar desde 2016. Entenda a valorização da moeda frente ao real
- Temer assina acordos econômicos e sociais com o presidente do Suriname
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.