CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
DOMINGO, 17 DE JUNHO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Com árbitro de vídeo omisso, Brasil fica no empate com a Suíça
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / São Paulo
  São Paulo
 
Governador de SP convoca caminhoneiros para retomar negociação
Data Publicação:28/05/2018
O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), convocou os caminhoneiros com quem vinha costurando acordo para o fim da greve para nova rodada de reunião no Palácio dos Bandeirantes nesta segunda-feira (28), às 18h.

Os motoristas autônomos ainda não confirmaram. Eles se ressentem do recuo que França foi forçado a fazer depois de o presidente Michel Temer (MDB) negar o congelamento do preço do diesel por 60 dias.

Sem essa garantia do governo federal, os caminhoneiros mantiveram a greve em São Paulo, embora reduzida.

Horas depois do encontro com o governador paulista, porém, Temer anunciou na TV o congelamento por 60 dias e outras medidas pleiteadas pela categoria.

Pessoas envolvidas nas negociações em São Paulo dizem que o anúncio de Temer foi insuficiente para desmobilizar os grevistas. Os motoristas que negociaram com o governador de SP se sentiram traídos e perderam força junto às suas bases.

Há a sensação de que os próprios agentes do Exército, em muitos casos insuflados por manifestantes que pregam intervenção militar, isto é, um golpe, agem de forma leniente.

A ordem do comando do Exército, contudo, é contrária: tentar restaurar a normalidade no país o quanto antes.

Pesa contra a continuidade da greve a exaustão dos caminhoneiros e inclusive a falta de combustível que também os afeta diretamente.

Segundo a reportagem apurou, França tenta pressionar Temer a fazer o Congresso aprovar o quanto antes as medidas provisórias editadas no domingo (27) para atender a categoria. Os motoristas exigem o desconto na bomba de combustível imediatamente para se desmobilizarem.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Cerca de 30% da população de São Paulo são obesos
- Princípio de incêndio causa pânico em boate de Marília
- Internação compulsória de dependentes químicos começa amanhã
- Maluf terá de devolver R$ 57,9 mi à prefeitura
- Crack: São Paulo adia internação compulsória
- Dilma pede, e SP e Rio congelam a tarifa de ônibus para conter inflação
- Procon lança cartilhas com dicas para compra
- São Paulo assina contrato de financiamento de R$ 1,95 bilhão com o BNDES
- Descarrilhamento de bonde mata três e fere 41 no interior de São Paulo
- Ligação sem o novo dígito não é realizada em São Paulo
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.