CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEGUNDA-FEIRA, 25 DE JUNHO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Projeto aeródromo com pista de pouso de decolagem de 2 km é lançado em Aparecida de Goiânia
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Planeta Criança
  Planeta Criança
 
Campanha vai alertar a população para a importância da prevenção à obesidade infantil
Data Publicação:08/07/2012

gência Paim exibiu a proposta que foca no alerta e prevenção do problema

 


O lançamento da campanha, que tem o objetivo de alertar a população sobre os graves problemas causados pela obesidade infantil, foi realizado durante o primeiro dia do V Congresso Gaúcho de Atualização de Pediatria. Através de um vídeo institucional a Agência Paim mostrou as ferramentas que poderão ser utilizadas na campanha. Conforme dados da The New England Journal of Medicine 80% das crianças obesas viram adultos obesos.

- A gente desenvolveu a campanha através de pesquisas e materiais que as médicas nos trouxeram sobre a gravidade desse assunto e como ele vem sendo tratado pelas mães. Nosso público prioritário serão gestantes e mães de crianças com até dois anos - explicou a executiva de atendimento da Agência Paim, Elisa Gomes. 

A intenção da apresentação foi sensibilizar empresas a viabilizarem a campanha e colocá-la em prática.

- Durante todo o processo houve o cuidado para não usarmos pessoas na campanha e não expor, por exemplo, uma criança gordinha, o que atingiria ela de maneira negativa - completou Elisa. 

Divido em duas fases, o trabalho elaborado por Margarida Galafassi e Pablo Fontoura, consultores de planejamento de comunicação, pretende num primeiro momento chamar a atenção da população para o problema e, posteriormente, repassar dicas de como combatê-lo. 

- O Mundo inteiro está preocupado em corrigir o problema, ou seja, remediar algo que já foi instalado. O que nós propomos é dar um passo anterior, evitando que essa condição aconteça, ou seja, investindo na prevenção e educação - afirmou a consultora de planejamento de comunicação, Margarida Galafassi.

A obesidade infantil é um problema crescente e motivo de preocupação para pais e médicos. O cuidado vai muito além da estética. Crianças obesas têm dificuldade para praticar atividades físicas, problemas ortopédicos e distúrbios relacionados com o sono. Além disso, têm mais chance de desenvolver algumas doenças durante a infância, como hipertensão arterial (pressão alta), diabetes e alteração do colesterol, triglicerídios e outros.

Segundo o IBGE, 48% dos brasileiros estão com sobrepeso. Outros dados chamam atenção para a gravidade do problema na capital gaúcha. De acordo com o Vigitel, a cidade de Porto Alegre é a capital com maior percentual de adultos com excesso de peso. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, uma em cada três crianças de 5 a 9 anos estava acima do peso recomendado. Em 1974, esse índice era de aproximadamente 10%.

A programação do V Congresso Gaúcho de Atualização de Pediatria conta nesta sexta-feira com temas ligados a nutrologia, pneumologia, ambulatório e gastroenterologia. O evento é realizado pela Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul. Simultaneamente acontece o III Simpósio Sul-Americano de Pediatria. O evento reúne mais de mil médicos pediatras com convidados nacionais e internacionais. 

Redação: Marcelo Matusiak
Coordenação: Marcelo Matusiak

Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul

A Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul foi fundada em 25 de junho de 1936 com o nome de Sociedade de Pediatria e Puericultura do Rio Grande do Sul pelo Prof. Raul Moreira e um grupo de médicos precursores da formação pediátrica no Estado. A entidade cresceu e se desenvolveu com o espírito de seus idealizadores, que, preocupados com os avanços da área médica e da própria especialidade, uniram esforços na construção de uma entidade que congregasse os colegas que a cada ano se multiplicavam no atendimento específico da população infantil. Atualmente conta com cerca de 1.750 sócios, e se constitui em orgulho para a classe médica brasileira e, em especial, para a família pediátrica.




Fonte:Play Press



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Estudo: dormir tarde pode afetar aprendizado de crianças
- Até os 6 meses, bebês devem dormir no quarto dos pais
- Móbiles nos berços auxiliam no processo do desenvolvimento do raciocínio na primeira infância
- Crianças devem esperar até os três anos para comer chocolate
- Galinha Pintadinha estimula vendas de aplicativos infantis
- Natal Luz de Gramado -Comédia infantil tem pré-estreia nesta quarta-feira para comunidade escolar
- Campanha vai alertar a população para a importância da prevenção à obesidade infantil
- Unipli participa de mobilização social voltada para a saúde da criança
- Os cuidados para se dar remédios para crianças
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.