CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEGUNDA-FEIRA, 20 DE MAIO DE 2019
ULTIMA NOTÍCIA:
Kings Sneakers apresenta coleção outono/inverno 2019
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Jurídico
  Jurídico
 
Peteco, STF revoga decisão de Fux e libera entrevistas com ex-presidente Lula
Data Publicação:20/04/2019
Dias Tofoli, presidente do STF (Superior Tribunal Federal), liberou o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva a conceder entrevistas. A informação é de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.
Em setembro de 2018, vários veículos de imprensa solicitaram entrevistas com o ex-presidente, que está preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba. No entanto, o ministro Luiz Fux suspendeu uma liminar concedida por Ricardo Lewandowski, que liberava o acesso dos jornalistas ao local.
Além da proibição, Fux afirmou em sua decisão que caso a entrevista tivesse gravado, a veiculação estaria proibida, algo completamente proibido pela Constituição Brasileira


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Pedido de impeachment de Gilmar Mendes desembarca no STF
- Defesa de Dilma vai recorrer de decisão de Teori
- SBT pagará indenização de R$ 100 mil ao autor Benedito Ruy Barbosa
- Gilmar Mendes critica vazamento de informações de processos ocultos do STF
- MBL pedirá impeachment do ministro do STF Marco Aurélio Mello
- Negada liminar a novo MS pedindo suspensão do processo de impeachment
- Ministra do STJ nega pedido de afastamento do ministro da Justiça
- Pedido de prisão de Lula já estava escrito; versão diz que governo monitorou Moro
- Gilmar Mendes suspende nomeação de Lula como ministro da Casa Civil
- Moro diz que está comprovado direcionamento de propina a doações eleitorais
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.