CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
QUARTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Posse de Bolsonaro será às 15h de 1º de janeiro, diz Eunício
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Jurídico
  Jurídico
 
STF homologa acordo sobre planos econômicos Color I e II
Data Publicação:08/02/2018
BRASÍLIA (Reuters) - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes homologou o acordo dos planos econômicos Color I e II, informou a Advocacia Geral da União (AGU) nesta terça-feira, em mais uma decisão referente ao ressarcimento de perdas causadas a poupadores.

Na decisão, Gilmar deu prazo de dois anos para adesão ao acordo, que prevê descontos que variam de 8 a 19 por cento no valor a ser restituído pelas instituições bancárias aos clientes caso os valores devidos passem de 5 mil reais. Para quem tem a receber até este montante, o pagamento será feito à vista, sem qualquer abatimento.

Em meados de dezembro, o ministro do STF Dias Toffoli já havia homologado acordo para os processos que estavam sob sua relatoria, envolvendo os planos Planos Bresser, Verão e Collor I, já que em parte desses acordos há sobreposição de planos econômicos. Outro ministro do STF, Ricardo Lewandowski, é relator de processos envolvendo os cinco planos econômicos e ainda não homologou os acordos.

Em nota, a AGU pontuou que a medida de Gilmar "é considerada um importante avanço nesta que é a maior conciliação judicial da história, uma vez que tem potencial para encerrar mais de um milhão de processos".

Em dezembro, o AGU informou que haviam aderido ao acordo os bancos Itaú Unibanco, Bradesco, Santander Brasil, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, sendo que outros bancos tinham um prazo de até 90 dias para também fazerem o mesmo.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Justiça Federal marca para junho depoimento de Lula em caso de caças suecos
- Justiça manda liberar Joesley Batista
- Brasileiros estão cansados e querem poder voltar a confiar em instituições, diz Cármen Lúcia
- Fachin nega pedido de habeas corpus de Lula e envia caso ao plenário do STF
- STF homologa acordo sobre planos econômicos Color I e II
- Fux diz que TSE será irredutível na aplicação da Lei da Ficha Limpa
- Luiz Fux toma posse hoje na presidência do TSE
- Lula recorre ao STF para evitar prisão após condenação
- Supremo deve restringir foro privilegiado
- Dodge recorre de decisão que tirou o sigilo da delação de marqueteiro
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.