CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
QUARTA-FEIRA, 18 DE JULHO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Campeão dentro e fora de campo! Mbappé doa prêmios para caridade
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Rio de Janeiro
  Rio de Janeiro
 
Rio de Janeiro confirma seus dois primeiros casos de sarampo em 18 anos
Data Publicação:11/07/2018
O Rio de Janeiro registrou os dois primeiros casos de sarampo em 18 anos, informou nesta segunda-feira (9) a secretaria estadual de Saúde, depois que o vírus foi encontrado em outras regiões do Brasil.

A secretaria informou em comunicado que os pacientes são estudantes da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Na semana passada o Ministério de Saúde confirmou um surto de sarampo nos estados Amazonas e Roraima, ao norte do país, onde o vírus estava erradicado desde 2016.

Até 20 de junho, 463 casos (200 em Roraima e 263 em Amazonas) foram confirmados e 1.545 estão sendo investigados, segundo informou o Ministério em um boletim.

As únicas duas mortes por sarampo neste ano foram registradas Roraima, estado limítrofe com a Venezuela e principal receptor do crescente fluxo de migrantes provenientes do país. Justamente dois venezuelanos morreram no começo de 2018 por causa da doença.

Segundo os estudos de laboratório, a cepa do vírus encontrado no Brasil é a mesma em circulação na Venezuela, país que sofre uma forte crise com elevada escassez de alimentos, produtos básicos e medicamentos.

Segundo dados do Ministério da Saúde, até 11 de junho dois casos de sarampo foram confirmados entre ianomâmis brasileiros na mesma região fronteiriça e outros 24 casos em indígenas venezuelanos. Ainda há 61 casos em investigação.

A organização de direitos humanos Survival International emitiu um alerta: "Estas comunidades são as mais vulneráveis. Ajuda médica urgente é o único que se interpõe entre eles e a devastação", disse o diretor, Stephen Corry.

O sarampo é uma doença contagiosa, de transmissão respiratória, causada por um vírus. Manchas vermelhas na pele, febre, tosse e conjuntivite são alguns dos sintomas.

A vacinação do Brasil é permanente, mas o governo intensificou as operações pelos baixos índices recentes de imunização e reaparecimento da doença.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Deputados propõem lei para desmascarar - black blocs
- Rock in Rio terá palco com 450 ton e "cortina de imagens"
- Esgoto de banheiros químicos causa mau cheiro e interdita pontos da praia de Copacabana
- "Não tenho ouro nem prata, mas trago Jesus Cristo", diz Papa
- Francisco chega amanhã no Brasil; veja a programação da visita
- Conheça a agenda do Papa Francisco no Brasil durante a JMJ
- Jornada injetará recursos de R$ 1,2 bilhão na economia, estima Ministério do Turismo
- Painel artístico que reproduzia foto de Hitler é apagado
- Apitaço contra a PEC37 em Copacabana
- Preso no Rio o chefe do tráfico de Manguinhos
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.