CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
TERÇA-FEIRA, 11 DE DEZEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Bumblebee
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Rio de Janeiro
  Rio de Janeiro
 
Dados oficiais mostram 21 mortes diárias por causas violentas no estado do Rio
Data Publicação:03/03/2018
Todos os dias, durante o mês de janeiro, morreram 21 pessoas, em média, por causas violentas no estado do Rio. Foram 649 vítimas de homicídios dolosos, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte e mortes em confrontos com a polícia. A estatística foi divulgada nesta quinta-feira (1º) pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), ligado à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Seseg). As informações são da Agência Brasil.

O número da letalidade violenta em janeiro deste ano foi 7,6% maior do que o registrado em igual período de 2017, quando houve 603 casos. Conforme os dados, o que puxou a estatística para cima foram as mortes em confrontos com a polícia. Foram 98 casos em janeiro de 2017 e 154 no mesmo mês deste ano, um crescimento de 57%, em uma média de cinco pessoas mortas por dia em tiroteios com a polícia. Por outro lado, seis policiais civis e militares foram mortos por criminosos em janeiro deste ano.

Outro índice que apresentou forte crescimento no estado foi o do roubo de veículos. Foram 5.286 veículos roubados em janeiro de 2018, contra 4.206 casos no mesmo mês de 2017. Ao mesmo tempo, aumentou o número de veículos recuperados pela polícia: foram 3.695 em janeiro deste ano e 3.149, em igual período do ano passado.

Um tipo de crime que atinge diretamente a população, reforçando a sensação de insegurança, o roubo de rua também deu um salto. Foram 10.952 casos em janeiro deste ano, contra 7.098 no mesmo mês de 2017, um aumento de 54,3%, englobando roubos de celular, roubo em coletivo e roubo a transeunte. Foram 353 roubos de rua por dia, ou 15 por hora, o que dá um roubo a cada quatro minutos.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Ônibus atinge agência bancária no centro do Rio
- Sem cubanos e violentas, favelas do Rio sofrem para atrair médicos brasileiros
- Incêndio destrói hospital no Rio de Janeiro; três pacientes morrem
- Alunos da UFF fazem ato contra retirada de bandeira por fiscais do TRE
- Ibope: Na capital paulista, Haddad supera Bolsonaro
- Estudante defende mulher assediada em ônibus no RJ
- Incêndio de grandes proporções atinge o Museu Nacional, no Rio
- Defensoria obtém soltura de dois jovens presos ilegalmente em casa no RJ
- Ex-marido de corretora morta no Rio tem a prisão decretada por suposta participação no crime
- Mulher de 54 anos morre após ter atendimento negado em hospital no Rio
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.