CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
QUARTA-FEIRA, 16 DE JANEIRO DE 2019
ULTIMA NOTÍCIA:
IGH - GO divulga edital de novo Processo Seletivo com mais de 300 vagas disponíveis
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Rio de Janeiro
  Rio de Janeiro
 
OAB condena expulsão de humorista em show no Rio
Data Publicação:20/06/2014
A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) condenou a expulsão de um humorista durante um show em Búzios, no litoral do Rio de Janeiro. O ator Gustavo Mendes ainda foi agredido por assessores do prefeito da cidade.

Sábado passado, o ator foi contratado pela Prefeitura de Búzios, no litoral norte do estado do Rio, para se apresentar numa praça pública.

O show transcorria normalmente até o comediante decidir fazer menção a um padre local que tentou proibir bebidas alcoólicas na cidade.

A mulher do prefeito e outros espectadores que acompanhavam o esquete se levantaram e foram embora. Logo depois, veio a primeira ordem para parar a apresentação.

O comediante ainda tentou apelar à plateia para resistir, mas não adiantou. Sentindo-se ameaçado por um assessor do prefeito, Gustavo e sua equipe saíram apressados. O comediante acabou sendo agredido enquanto caminhava para o carro.

Apesar do caráter claramente inquisitório, a agressão contra o comediante recebeu o apoio de alguns políticos. A prefeitura de Búzios, por exemplo, emitiu uma nota justificando a expulsão do ator, que foi apoiada também pelo deputado pastor Marco Feliciano (PSC).

No Facebook, Feliciano diz que a apresentação foi interrompida quando Gustavo decidiu fazer piada com Jesus. Para o presidente da OAB de São Paulo, o que houve foi muito além da censura.



Fonte:band



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Ônibus atinge agência bancária no centro do Rio
- Sem cubanos e violentas, favelas do Rio sofrem para atrair médicos brasileiros
- Incêndio destrói hospital no Rio de Janeiro; três pacientes morrem
- Alunos da UFF fazem ato contra retirada de bandeira por fiscais do TRE
- Ibope: Na capital paulista, Haddad supera Bolsonaro
- Estudante defende mulher assediada em ônibus no RJ
- Incêndio de grandes proporções atinge o Museu Nacional, no Rio
- Defensoria obtém soltura de dois jovens presos ilegalmente em casa no RJ
- Ex-marido de corretora morta no Rio tem a prisão decretada por suposta participação no crime
- Mulher de 54 anos morre após ter atendimento negado em hospital no Rio
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.