CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEGUNDA-FEIRA, 17 DE DEZEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Na praia ou na piscina: Carla Perez ensina poses para fotos de verão
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Cultura
  Cultura
 
Expedição encontra fábrica de cerveja de 4,5 mil anos no Egito
Data Publicação:14/07/2018
Uma expedição arqueológica nos arredores das pirâmides de Gizé, no Egito, localizou instalaçōes onde eram fabricados pão e cerveja há mais de 4,5 mil anos, além de um porto que seria o principal expoente comercial da época.

Segundo a revista Live Science, as estruturas encontradas datam do tempo em que o faraó Menkaure construiu uma das pirâmides, entre 2490 a.C e 2472 a.C. Como a construção dos monumentos demandava o fornecimento de suprimentos vindos de todo o Egito, o porto nas margens do rio Nilo foi o local que abrigou as instalaçōes descobertas pela expedição recente.

Em uma das edificaçōes foram encontradas ferramentas utilizadas na fabricação de cerveja e pão. Em outra, selos indicavam ter sido a residência de sacerdotes do alto escalão do governo.

As construçōes abrigaram mais de mil pessoas, de acordo com Mark Lehner, diretor da Associação de Pesquisa do Egito Antigo e coordenador da expedição. Tanto os alimentos produzidos no local quando os que chegavam pelo rio eram destinados a alimentar os trabalhadores que atuavam na construção das pirâmides.

Para Lehner, o local é o “porto nacional de seu tempo”. Os pesquisadores já tinham conhecimento do porto, que funcionou em Gizé durante a construção da Grande Pirâmide e foi mencionado no diário de bordo de um inspetor chamado Merer.

As escavaçōes no local devem continuar até 2019.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Maria Bethânia vai encerrar programação do Ano do Brasil em Portugal
- Em novo livro, Eurico Salis foca a relação do homem com a terra gaúcha
- Mosaico Musical - O encontro da música e da poesia com o teatro de animação viaja do Sul ao Nordeste brasileiro
- Culto Artes - Escola de Artes em Novo Hamburgo
- O Festival de Teatro de Rua de Porto Alegre chega a 5ª edição agora com o status de festival internacional
- Malu de Castro lança Cinderela Centopeia – pequenas estórias
- Rosto do rei Ricardo 3º é revelado 500 anos após sua morte
- Centro cultural no Rio homenageia memória da música popular brasileira
- O 5º Festival de Teatro de Rua de Porto Alegre está com inscrições abertas para grupos de todo o Brasil até 14 de janeiro
- Cultura lança editais para criadores e produtores negros
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.