CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2019
ULTIMA NOTÍCIA:
Chefe da Lava Jato no Rio diz que STF barra a maior parte das investigações de lavagem
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Acontecendo
  Acontecendo
 
Governo e oposição da Venezuela afirmam que diálogo avança
Data Publicação:19/07/2019
As delegações do governo de Nicolás Maduro e da oposição anunciaram nesta quinta-feira que avança o diálogo para se resolver a crise na Venezuela, sob a mediação da Noruega.

Após quatro dias de conversações em Barbados, as partes emitiram declarações para reafirmar que a negociação continua.

"Seguimos com o diálogo e ratificamos o pleno respeito às pautas estabelecidas. Exortamos todas e todos para que cuidem deste esforço de negociação entre os venezuelanos", escreveu no Twitter Jorge Rodríguez, ministro da Comunicação e líder da delegação de Maduro.

O deputado Stalin González, representante de Guaidó, reconhecido como presidente interino da Venezuela por mais de 50 países, informou que "junto à comunidade internacional e graças à mobilização popular dos venezuelanos, seguimos avançando para buscar o fim do sofrimento do nosso povo e escolher um futuro de liberdade".

Segundo o ministério norueguês das Relações Exteriores, os delegados "continuam com as negociações iniciadas em Oslo (em maio) com base em uma mesa que trabalha de maneira contínua e rápida".

"Acentuamos a necessidade de que as partes tomem a máxima precaução com seus comentários e declarações sobre o processo, de acordo com as pautas estabelecidas".

A oposição busca nas negociações a saída de Maduro e novas eleições, ao considerar que seu segundo mandato, iniciado em janeiro, foi resultado de votação fraudulenta.

Mas Maduro descarta a renúncia e adverte que o diálogo deve levar a uma "convivência democrática" e ao fim do "golpismo" de seus adversários.

Durante o governo de Maduro, a Venezuela se afundou na pior crise social e econômica de sua história moderna, o que levou quatro milhões de pessoas a emigrar a partir de 2015, segundo a ONU.


Fonte:yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Venda de ingressos para a Copa começa; veja como participar
- JN e Globo Repórter são finalistas do Emmy Internacional 2013
- Feliciano denuncia à PF jovens com "trejeitos homossexuais" em voo
- Viagem sem volta a Marte já tem mais de 100 mil inscritos
- João Paulo II será homenageado na Jornada Mundial de 2016
- Ministério anuncia que 33% das cidades aderiram ao programa
- Cantores de funk querem colete antibalas após assassinato de MC
- Decreto de Cabral favoreceu cliente de sua mulher em Angra
- Estudo avaliará adoção de uso preventivo de pílula anti-HIV
- Preocupa número de plásticas em adolescentes
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.