CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
QUINTA-FEIRA, 20 DE SETEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Homem decide comprar ônibus para resgatar animais de furacões nos EUA
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Acontecendo
  Acontecendo
 
Mercedes-Benz demite 244 funcionários, diz sindicato
Data Publicação:07/01/2015

A fábrica da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo, São Paulo, não renovou a licença remunerada e demitiu 244 funcionários no final do ano, informou o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC paulista.

A Mercedes não confirmou o número, mas informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que foi demitida uma pequena parte dos 1,2 mil trabalhadores. De acordo com a empresa, a maioria dos empregados de São Bernardo do Campo teve a licença remunerada renovada até 30 de abril.

A Volkswagen também está demitindo 800 metalúrgicos da fábrica Anchieta, na região do ABC Paulista. Contra a decisão, os empregados decidiram, durante assembleias no início da manhã e no meio da tarde desta terça-feira (6), entrar em greve por tempo indeterminado até que as demissões sejam revertidas.

“Temos um acordo com a empresa. O acordo feito em 2012 não permitia nenhuma demissão. As demissões, ou eram por meio de PDV [plano de demissão voluntária], ou quando desse o tempo de aposentadoria, o trabalhador saía com incentivo financeiro. Qualquer outra demissão tinha de ser por justa causa. Essas garantias é que foram rompidas pela fábrica”, disse Wagner Santana, secretário-geral do Sindicato dos Metalúrgicos.

No total, a fábrica emprega 13 mil funcionários. A assessoria de imprensa do sindicato informou que os metalúrgicos estão dentro da fábrica, mas permanecem de braços cruzados. A Volkswagen não se manifestou sobre a greve.




Fonte:ag brasil



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Trump e Kim realizam reunião histórica
- Quem nunca deu um tapa no bumbum do filho e depois se arrependeu?, diz Bolsonaro sobre Geisel
- Suzane Von Richtofen e Anna Carolina Jatobá deixam cadeia para saidinha do Dia das Mães
- Trump anuncia ataque em conjunto com França e Reino Unido na Síria
- Câmara pode votar lei do lobby nos próximos dias
- Fazenda de amigo de Temer volta a ser invadida pelo MST
- A nova Coca-Cola Fan Feat vai eleger três cantores para nova música
- Furacão Irma, faz cancelamento de voos.
- Consulta ao 3º lote de restituição do IR, abre hoje
- Aumento médio da gasolina registrado é de 8,23% no país
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.