CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 17 DE AGOSTO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Da cadeia, Eduardo Cunha defende Lula candidato e promove filha
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Acontecendo
  Acontecendo
 
Profissional de saúde no Texas é o segundo infectado nos EUA
Data Publicação:15/10/2014

Os Estados Unidos anunciaram hoje (15) o segundo caso de infecção pelo vírus ebola - de um profissional de saúde que tratou do cidadão da Libéria infectado e que acabou morrendo em território americano.

De acordo com as agências internacionais, que citam os serviços de saúde do estado do Texas, o teste feito no profissional, em Dallas, foi positivo.

O trabalhador, que manteve contato com o doente, juntamente com 74 pessoas, estava em observação. Ele teve febre nessa terça-feira (14) e foi, de imediato, colocado em quarentena no Hospital Presbiteriano de Dallas, acrescentam as autoridades, em comunicado.

O Departamento de Saúde local continua a acompanhar as pessoas que tiveram contato com os dois pacientes diagnosticados no Texas, um liberiano e uma enfermeira.

O total de pessoas sob vigilância chega a 125, informou o diretor do Centro de Controle de Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, Thomas Frieden.

Por enquanto, as autoridades não sabem como ocorreu o contágio da enfermeira, por isso tomaram a decisão de controlar a temperatura dos profissionais de saúde duas vezes por dia para detectar os sintomas de ebola, o mesmo protocolo que se aplica ao resto das pessoas em risco.

Os mais recentes dados apontam para o registro de 8.917 casos de ebola, com 4.447 mortes. A Libéria, Serra Leoa e a Guiné-Conacri são os países mais afetados pelo pior surto da doença.




Fonte:ad brasil



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Trump e Kim realizam reunião histórica
- Quem nunca deu um tapa no bumbum do filho e depois se arrependeu?, diz Bolsonaro sobre Geisel
- Suzane Von Richtofen e Anna Carolina Jatobá deixam cadeia para saidinha do Dia das Mães
- Trump anuncia ataque em conjunto com França e Reino Unido na Síria
- Câmara pode votar lei do lobby nos próximos dias
- Fazenda de amigo de Temer volta a ser invadida pelo MST
- A nova Coca-Cola Fan Feat vai eleger três cantores para nova música
- Furacão Irma, faz cancelamento de voos.
- Consulta ao 3º lote de restituição do IR, abre hoje
- Aumento médio da gasolina registrado é de 8,23% no país
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.