CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
DOMINGO, 21 DE OUTUBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Ciência do consumidor: quanto custa seu CPF?
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Tecnologia
  Tecnologia
 
Ministro do STF aprova acordo de delação premiada do doleiro Youssef
Data Publicação:19/12/2014

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, homologou nesta sexta-feira (19) o acordo de delação premiada do doleiro Alberto Youssef, apontado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal como chefe do esquema investigado pela Operação Lava Jato, que revelou desvio de dinheiro de contratos da Petrobras.

Com a homologação, o ministro aprovou os termos do acordo feito pelo Ministério Público com Youssef na delação premiada, pela qual ele aponta delitos, nomes de envolvidos e como obter as provas em troca de uma possível redução da pena, caso o que falou seja comprovado.

Agora, caberá ao Ministério Público fazer a separação do que será investigado futuramente pelo STF (instância máxima do Judiciário, que julga deputados, senadores e ministros), pelo Superior Tribunal de Justiça (onde governadores respondem a processos) e também pela Justiça Federal no Paraná (que julgará as pessoas sem o chamado foro privilegiado). Esse desmembramento deverá ser feito a partir do dia 2 de janeiro.

A delação de Youssef chegou ao gabinete de Teori Zavascki na última terça (16) e se juntou à do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, que, segundo as investigações, operava os desvios de dinheiro nos contratos da estatal em favor de partidos políticos. A delação de Costa chegou ao STF em setembro e já havia sido homologada por Zavascki.

Para homologar a delação, Zavascki enviou um juiz auxiliar do gabinete para Curitiba, onde ele visitou Youssef no hospital onde estava internado para verificar se o acordo de colaboração foi feito conforme manda a lei. A reunião foi gravada e concluiu-se pela regularidade da delação.




Fonte:G1



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Facebook revisa número de contas hackeadas para 30 milhões
- Rumor sugere que WhatsApp começará a mostrar anúncios no iOS
- Vendas de PC aumentam pela primeira vez em seis anos
- Apple e Samsung concluem batalha judicial por patente de iPhone
- Apple assina contrato de muitos anos com Oprah Winfrey
- Celular pode revelar perfil psicológico do dono, diz estudo
- Apple atualiza linha de iPad para estudantes mas mantém preço
- Casal Obama criará programas para Netflix, anuncia imprensa
- Tesouro Direto lança aplicativo para smartphone com sistema IOS
- Apple lidera vendas de tecnologias vestíveis
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.