CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SÁBADO, 18 DE AGOSTO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
União Europeia não pediu retaliação ao Brasil por prisão de Lula
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Brasil
  Brasil
 
União Europeia não pediu retaliação ao Brasil por prisão de Lula
Data Publicação:18/08/2018
Um vídeo que circula por redes sociais, como Facebook e Twitter, e aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, mostra, sem mencionar seu nome, Catarina Martins, deputada portuguesa e coordenadora do partido Bloco de Esquerda, criticando a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Nesta quarta (15), Lula foi registrado como candidato do PT à Presidência da República.

A publicação afirma que a "Europa pede à ONU retaliação ao Brasil pela prisão ilegal do candidato que lidera as pesquisas para presidente no Brasil". Não há, no entanto, indícios de que esse pedido de retaliação da "Europa" existiu.

Como verificado pelo projeto Comprova, coalizão de 24 organizações de mídia brasileiras, dentre elas a Folha de S.Paulo, que visa identificar, checar e combater rumores, manipulações e notícias falsas sobre as eleições de 2018, as imagens mencionadas simplesmente fazem parte da fala de uma parlamentar da esquerda de Portugal.

Não há registro de qualquer pedido por parte da União Europeia dirigido às Nações Unidas sobre retaliações pela prisão de Lula. Ao ser contatada pelo Comprova, a deputada Catarina Martins, retratada no vídeo, declarou que desconhece tal pedido e que as imagens são uma montagem alheia a seu mandato. O mesmo foi confirmado pelo partido Bloco de Esquerda.

O vídeo original foi gravado em 8 de abril de 2018, um dia depois de Lula ser preso. Era um evento de aniversário do Bloco de Esquerda, na cidade do Porto. A deputada e o seu partido consideram a prisão de Lula arbitrária e um golpe, posição semelhante à do PT e de outros partidos de esquerda brasileiros.

Contatada pelo Comprova, a Corte Europeia de Direitos Humanos afirmou que não conduz casos por conta própria.

No portal de documentação da União Europeia, foram encontrados arquivos com menção ao ex-presidente Lula, mas nenhum deles diz respeito a retaliações pela sua prisão.

Em 11 de julho, em resposta oficial a um eurodeputado, a chefe das Relações Exteriores da União Europeia, Federica Mogherini, disse que o bloco europeu acredita que o Judiciário brasileiro fará o que for necessário para lidar com esse e com outros casos envolvendo políticos, de forma "objetiva e independente". Ou seja, o documento vai na contramão do que afirma a publicação com o vídeo.

No dia 5 de abril, parlamentares de diferentes países assinaram uma carta de apoio a Lula. No entanto, esse documento não foi endossado por nenhum organismo internacional. À época do mandado de prisão de Lula, a defesa do ex-presidente protocolou junto à ONU um pedido para evitar que ele fosse preso, mas o recurso foi negado pelo órgão.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Denúncias de violação a direitos dos idosos triplicam em 2012
- CDL de Santa Maria rompe contrato com a FCDL-RS e tenta evitar pagamento de multa rescisória
- Eike Batista recupera o título de mais rico do Brasil
- Temperatura pode registrar até 4ºC a mais no fim deste século, alerta estudo
- Carrefour desativa serviço de vendas pela internet
- Cerca de 2 mil pessoas já passaram pelo velório de Niemeyer
- Em estreia no Brasil, Amazon anuncia contrato com 90 editoras
- Anvisa suspende fabricação de produtos fitoterápicos no País
- Furtos em aeroportos de Cumbica e Congonhas crescem 36%
- Modelo morre durante implante de prótese de silicone nos seios
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.