CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
DOMINGO, 21 DE ABRIL DE 2019
ULTIMA NOTÍCIA:
Peteco, STF revoga decisão de Fux e libera entrevistas com ex-presidente Lula
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Brasil
  Brasil
 
Bolsonaro diz que bíblia prega o armamento
Data Publicação:19/08/2018
Candidato à presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro explicou o que quis dizer a Marina Silva no debate de sexta-feira na RedeTV! sobre a bíblia pregar o armamento. A declaração foi colhida pelo jornal O Globo.

Paulo fala: “venda suas capas e compre espadas”. Está na Bíblia”, declarou o presidenciável durante evento na Academia dos Agulhas Negras, em Resende (RJ). Na verdade, um trecho semelhante ao citado por Bolsonaro está no livro de Lucas e não de Paulo.

Alertado pelo Globo sobre o erro, Bolsonaro minimizou: “Eu não lembro qual livro. Jesus Cristo não foi totalmente passivo. Expulsou os vendilhões do templo. Se tivesse arma de fogo, seria usada”, insistiu o deputado federal.

Teólogos contestam

Consultados pelo Globo, Teólogos disseram que a leitura descontextualizada da bíblia pode levar a interpretações equivocadas. Professora da PUC-RJ, Maria Clara Bingemer nega que a passagem do evangelho de Lucas pregue a violência.

“Não se pode isolar um trecho porque ele perde o sentido original. Nesse texto, Lucas recorda o discurso da missão que anuncia a paixão de Jesus Cristo, em que ele prega a não violência. Vamos lembrar que, depois da Última Ceia, no Jardim das Oliveiras, Jesus recrimina a violência ao lembrar que o apóstolo Pedro cortou a orelha de um soldado romano na prisão. Jesus curou o ferimento e disse: “Quem com ferro fere, com ferro será ferido”. Ele não respaldou a postura do apóstolo, declarou a professora ao Globo.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Semana da Constelação Familiar: de 11 a 19/03
- STJ concede habeas corpus a deputado federal João Rodrigues por prescrição de prazo
- Equipe econômica de Guedes terá nove nomes do governo Temer
- FHC revela voto nulo em segundo turno das eleições presidenciais
- Aposentadoria integral ficará mais difícil a partir da semana que vem
- McDonalds demite funcionário que emprestou batata para o Burger King
- Homem coloca fogo em um morador de rua em Santos (SP)
- João de Deus, suspeito de abusos sexuais, se entrega à polícia em Goiás
- Por segurança, sinal de celular na Esplanada será bloqueado na posse de Bolsonaro
- Na mira de Bolsonaro, indulto de natal é ato final de Michel Temer
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.