CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SÁBADO, 19 DE JANEIRO DE 2019
ULTIMA NOTÍCIA:
IGH - GO divulga edital de novo Processo Seletivo com mais de 300 vagas disponíveis
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Brasil
  Brasil
 
Agricultor escreve nome de Bolsonaro em plantações no MS
Data Publicação:14/08/2018
Imagens aéreas que vêm sendo compartilhadas em grupos de WhatsApp e em redes sociais que mostram a inscrição "Bolsonaro 2018" em lavouras são verdadeiras.

O escrito em apoio ao candidato à Presidência do PSL, Jair Bolsonaro, foi feito duas vezes, em fazendas localizadas no Mato Grosso do Sul, nas cidades vizinhas de Maracaju e Sidrolândia, no fim do ano passado, na época do plantio da soja, e neste ano, no período do plantio de milho. A veracidade das imagens e a localização dos escritos foram investigados pelo projeto Comprova, coalizão de 24 organizações de mídia brasileiras, dentre elas a Folha, que visa identificar, checar e combater rumores, manipulações e notícias falsas sobre as eleições de 2018.

As terras são da família Basso. Um dos proprietários, Ari Basso, é ex-prefeito de Sidrolândia. Ele foi eleito em eleição suplementar em 2013 e ficou no cargo até dezembro de 2016.

Em 18 de janeiro deste ano, Bolsonaro publicou no seu Facebook um vídeo que mostra um avião decolando e, ao lado, a inscrição com o seu nome. Fotos deste mesmo cenário voltaram a circular no WhatsApp nas últimas semanas, principalmente depois que Bolsonaro novamente publicou a imagem nas suas redes.

A inscrição foi feita por meio de um sistema que define quais áreas recebem e quais não recebem as sementes lançadas ao solo pelas máquinas usadas na lavoura. As letras surgem graças ao contraste entre as áreas plantadas e as não plantadas.

Gabriel Basso, um dos proprietários das fazendas, afirmou que as inscrições foram feitas por máquinas com o sistema operacional Apex, da John Deere, tradicional fabricante de máquinas agrícolas. Segundo o site da empresa, trata-se de um "software de gestão de informações geográficas com diversas ferramentas de administração de mapas e informações coletadas em campo".

"Esses desenhos são feitos na Trackmaker sobre uma foto de satélite, depois importados para um programa compatível com o sistema operacional das máquinas e então transferidos para o monitor do trator via pen drive. A própria máquina entende que na área interna das letras não é para plantar, então não cai semente", afirmou Gabriel.

Ele afirma ser o autor das imagens que estão circulando com a inscrição, inclusive do vídeo compartilhado por Bolsonaro. "Todas as fotos e vídeos foram feitos por mim com meu drone, inclusive o vídeo do avião decolando ao lado da escrita. Exceto apenas algumas tiradas de dentro de aviões", disse.

Segundo ele, a inscrição só é visível a no mínimo 20 metros de altura.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- STJ concede habeas corpus a deputado federal João Rodrigues por prescrição de prazo
- Equipe econômica de Guedes terá nove nomes do governo Temer
- FHC revela voto nulo em segundo turno das eleições presidenciais
- Aposentadoria integral ficará mais difícil a partir da semana que vem
- McDonalds demite funcionário que emprestou batata para o Burger King
- Homem coloca fogo em um morador de rua em Santos (SP)
- João de Deus, suspeito de abusos sexuais, se entrega à polícia em Goiás
- Por segurança, sinal de celular na Esplanada será bloqueado na posse de Bolsonaro
- Na mira de Bolsonaro, indulto de natal é ato final de Michel Temer
- Antes de ser eleito, Bolsonaro viveu ano de embates contra a Globo
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.