CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
DOMINGO, 16 DE DEZEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Na praia ou na piscina: Carla Perez ensina poses para fotos de verão
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Brasil
  Brasil
 
Geisel deu ordem para matar com injeção de sacrificar cavalos
Data Publicação:17/05/2018
Os documentos da CIA que tratam do período da ditadura militar no Brasil, revelados pelo pesquisador Matias Spektor há uma semana, ainda trazem novas informaçōes sobre as açōes dos militares durante o regime. O ex-presidente Ernesto Geisel, além de ter dado aval à morte de opositores, ordenou o uso da injeção de sacrificar cavalos em pessoas.

Em depoimento, um ex-agente relatou que a injeção foi utilizada para assassinar José Montenegro Lima, conhecido como Magrão, sequestrado e torturado pelos militares em 1975. O caso foi revelado pelo jornal O Globo.

O ex-chefe do DOI-Codi, Audir Santos Maciel, foi denunciado pelo Ministério Público Federal em ação rejeitada pela Justiça com o uso da Lei da Anistia. Na semana passada, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu a reabertura do caso.

O memorando da CIA aponta Magrão como uma das vítimas da Operação Radar, que perseguiu militantes do Partido Comunista Brasileiro, sigla contrária à luta armada.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Antes de ser eleito, Bolsonaro viveu ano de embates contra a Globo
- Ministério Público afirma que João de Deus já é considerado foragido
- Em Davos, Bolsonaro deve defender reformas e revisão do Mercosul
- Futuro ministro, Heleno isenta Bolsonaro no caso Coaf: Valor irrisório
- Mulher que denunciou abusos de João de Deus cometeu suicídio, diz jornal
- Apalpada no bumbum, sushi na boca: 5 vezes que Gracyanne e Belo se amaram (até demais)
- Bolsonaro quer aposentadoria de servidores públicos só depois dos 65
- Com classe dividida, líderes de caminhoneiros decidem não aderir à paralisação
- Guedes anuncia seis secretários da nova equipe econômica
- Ibama nega licença para francesa Total explorar petróleo no Amazonas
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.