CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEGUNDA-FEIRA, 20 DE NOVEMBRO DE 2017
ULTIMA NOTÍCIA:
Dodge recorre de decisão que tirou o sigilo da delação de marqueteiro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Brasil
  Brasil
 
Chega a R$ 24,4 bilhões em saques das contas inativas do FGTS
Data Publicação:18/05/2017
A Caixa Econômica Federal contabilizou mais de R$ 24,4 bilhões em saques das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço feitos por trabalhadores nascidos entre janeiro e agosto. O valor inclui pagamentos efetuados até o dia 16 de maio e equivale a 84,3% do total inicialmente previsto (R$ 29 bilhões) para as três etapas já liberadas. O número de trabalhadores que já sacaram os recursos das contas do Fundo de Garantia referente à MP 763/2016 ultrapassou R$ 15,8 milhões e representa 79% das 20,1 milhões de pessoas nascidas no período de janeiro a agosto. O montante pago representa 55% do total de recursos (R$ 43,6 bilhões) disponíveis pela Medida Provisória 763/216. O número de trabalhadores que sacaram, nas primeiras etapas, equivale a 52% do total de 30,2 milhões beneficiados pelo saque das contas inativas do FGTS, de acordo com a MP. Valores até R$ 1,5 mil, podem ser retirados no autoatendimento, com a senha do Cartão Cidadão. As quantias entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil, podem ser sacadas com o Cartão do Cidadão e senha no autoatendimento, lotéricas e correspondentes Caixa. Acima de R$ 3 mil, os saques devem ser feitos nas agências. Para facilitar o atendimento, os trabalhadores devem sempre ter em mãos o documento de identificação e carteira de trabalho, e o documento que comprove a rescisão de seu contrato de trabalho. Para valores acima de R$ 10 mil, é obrigatória a apresentação desses documentos.


Fonte:terra



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Saiba como votou cada deputado na denúncia contra Temer
- Procuradores defendem Lava Jato nas redes sociais
- Pesquisa sobre dose diluída da vacina da febre amarela
- Sistema Unico de Saúde faz 30 anos e ONU e Harvard irão fazer pesquisa sobre o funcionamento.
- Anvisa proíbe propaganda ”com alegações terapêuticas” da Mundo Verde
- Chega a R$ 24,4 bilhões em saques das contas inativas do FGTS
- O que pode mudar na CLT com a reforma
- Odebrecht movimentou US$ 3,39 bilhões em pagamentos ilícitos
- Horário de verão gerou boa economia
- TV por assinatura perde cada vez mais clientes no país
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.