CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 18 DE JANEIRO DE 2019
ULTIMA NOTÍCIA:
IGH - GO divulga edital de novo Processo Seletivo com mais de 300 vagas disponíveis
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Brasil
  Brasil
 
PSDB diz que participará de manifestações contra o governo no dia 15
Data Publicação:12/03/2015

O PSDB anunciou hoje (11) que vai apoiar as manifestações contra o governo da presidente Dilma Rousseff convocadas para o próximo domingo (15) em várias cidades do país. O partido acrescentou que participará dos protestos.

“O PSDB, através de seus militantes, simpatizantes e várias de suas lideranças participará, ao lado de brasileiros de todas as regiões do país, desse movimento apartidário que surge do mais legítimo sentimento de indignação da sociedade brasileira”, informa a nota divulgada pelo partido nesta tarde, assinada pelo presidente da legenda, Aécio Neves, e pelos líderes do partido no Senado, Cássio Cunha Lima, e na Câmara, Carlos Sampaio.

No texto, o PSDB diz que as manifestações são legítimas em um país que vive “em plena democracia” e que a liberdade de pensamento é uma garantia constitucional. “O PSDB defende a livre manifestação de opinião e o direito à expressão dos cidadãos e, portanto, apoia os atos pacíficos e democráticos convocados para o próximo dia 15 de março em todo o país.”

Para a legenda, as ações programadas fortificam o ideal democrático. “Mais do que uma garantia constitucional, a liberdade de pensamento e de crítica é fundamento essencial para o fortalecimento da vida democrática e o enraizamento social dos valores republicanos.”

O partido não faz nenhuma referência a eventuais pedidos de impeachment de Dilma, defendido por algumas das entidades que organizam os protestos. “O PSDB repudia a atitude daqueles que, em nome de seus interesses partidários, cerceiam e deturpam o direito à livre manifestação, e tentam convencer a população de que a crítica aos governantes se confunde com atentados contra a ordem institucional e o Estado de Direito.”

No texto, o PSDB diz que um dos principais propósitos dos protestos é cobrar punição para ações corruptas. “Ao contrário de que alguns tentam fazer crer, os protestos que ocorrem nas redes sociais e nas ruas não defendem um terceiro turno, mas a rigorosa apuração de responsabilidades sobre a corrupção endêmica incrustada no corpo do Estado nacional, e cobra o abandono dos compromissos assumidos publicamente com a população”.




Fonte:ag brasil



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- STJ concede habeas corpus a deputado federal João Rodrigues por prescrição de prazo
- Equipe econômica de Guedes terá nove nomes do governo Temer
- FHC revela voto nulo em segundo turno das eleições presidenciais
- Aposentadoria integral ficará mais difícil a partir da semana que vem
- McDonalds demite funcionário que emprestou batata para o Burger King
- Homem coloca fogo em um morador de rua em Santos (SP)
- João de Deus, suspeito de abusos sexuais, se entrega à polícia em Goiás
- Por segurança, sinal de celular na Esplanada será bloqueado na posse de Bolsonaro
- Na mira de Bolsonaro, indulto de natal é ato final de Michel Temer
- Antes de ser eleito, Bolsonaro viveu ano de embates contra a Globo
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.