CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEGUNDA-FEIRA, 17 DE DEZEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Na praia ou na piscina: Carla Perez ensina poses para fotos de verão
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Brasil
  Brasil
 
Taxa de desmatamento sobe 29% em 2014 na Amazônia
Data Publicação:10/09/2014

A área de desmatamento na Amazônia subiu 29% durante o último ano-base usado para medir a taxa de devastação, entre agosto de 2012 e julho de 2013. Com 5.891 km2 de florestas destruídas. Esta, porém, foi a segunda menor taxa registrada desde 1988.

A estimativa da devastação foi feita pelo sistema Prodes (Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal), de monitoramento por satélite, implementado pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). O Prodes é mais lento do que o sistema Deter, usado para ajudar na fiscalização, mas mais preciso, capaz de detectar desmatamento áreas tão pequenas quanto 6,25 hectares.

Neste ano, os Estados onde a taxa de desmate mais cresceu foram Mato Grosso e Maranhão, ambos tendo registrado aumento de 50% nas áreas devastadas em relação ao ano anterior. Os únicos estados em que o ritmo de destruição da floresta diminuiu no último ano foram Acre (-28%) e Amapá (-15%).

Em números absolutos, as maiores áreas devastadas ainda são no Pará (2.346 km2) e Mato Grosso (1.139 km2).

A redução histórica do ritmo do desmate é de 79%, diminuição medida se comparado o desmate em 2004/2005 ao de 2013/2014.




Fonte:folhapress



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Antes de ser eleito, Bolsonaro viveu ano de embates contra a Globo
- Ministério Público afirma que João de Deus já é considerado foragido
- Em Davos, Bolsonaro deve defender reformas e revisão do Mercosul
- Futuro ministro, Heleno isenta Bolsonaro no caso Coaf: Valor irrisório
- Mulher que denunciou abusos de João de Deus cometeu suicídio, diz jornal
- Apalpada no bumbum, sushi na boca: 5 vezes que Gracyanne e Belo se amaram (até demais)
- Bolsonaro quer aposentadoria de servidores públicos só depois dos 65
- Com classe dividida, líderes de caminhoneiros decidem não aderir à paralisação
- Guedes anuncia seis secretários da nova equipe econômica
- Ibama nega licença para francesa Total explorar petróleo no Amazonas
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.