CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
TERÇA-FEIRA, 18 DE DEZEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Por segurança, sinal de celular na Esplanada será bloqueado na posse de Bolsonaro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Brasil
  Brasil
 
Exército e segurança presidencial se preparam para desfile do 7 de Setembro
Data Publicação:31/08/2013

O trânsito na Esplanada dos Ministérios foi interrompido, na manhã de hoje (31), devido ao ensaio para o desfile do 7 de Setembro. Oficiais do Exército e representantes do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) simularam a chegada ao local da presidenta da República, Dilma Rousseff, assim como a saída. O tradicional Rolls Royce presidencial, escoltado por 13 batedores, foi usado no ensaio. Uma funcionária da Presidência representou a presidenta Dilma.

O trânsito na Esplanada foi desviado para vias adjacentes. Jipes, carros, motos e um tanque do Exército também foram usados na simulação. Representantes da Secretaria de Educação do Distrito Federal também estiveram na Esplanada para os ajustes da participação de estudantes da rede pública no desfile do próximo sábado (7).

Perto dali, em frente à Catedral Metropolitana, a Polícia Militar (PM) acertava os últimos detalhes da segurança que será empregada no feriado em comemoração ao feriado do Dia da Independência. De acordo com a assessoria da PM, o esquema de segurança e o efetivo utilizado serão divulgados na próxima terça-feira (3). Contudo, segundo a assessoria da PM, está previsto um aumento no efetivo em relação aos anos anteriores, em virtude das manifestações que estão sendo marcadas por redes sociais para o momento da parada militar.

Este ano, o tempo do desfile será menor, terá cerca de uma hora e dez minutos de duração, com início às 9h10. A assessoria do Ministério da Defesa alegou que o evento estava “cansativo”, por causa do clima quente e seco da capital federal nesta época, justificando a redução no tempo. A estimativa do órgão é de que 25 mil a 27 mil pessoas acompanhem o desfile das arquibancadas, que estão em fase final de montagem.




Fonte:ag Brasil



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Por segurança, sinal de celular na Esplanada será bloqueado na posse de Bolsonaro
- Na mira de Bolsonaro, indulto de natal é ato final de Michel Temer
- Antes de ser eleito, Bolsonaro viveu ano de embates contra a Globo
- Ministério Público afirma que João de Deus já é considerado foragido
- Em Davos, Bolsonaro deve defender reformas e revisão do Mercosul
- Futuro ministro, Heleno isenta Bolsonaro no caso Coaf: Valor irrisório
- Mulher que denunciou abusos de João de Deus cometeu suicídio, diz jornal
- Apalpada no bumbum, sushi na boca: 5 vezes que Gracyanne e Belo se amaram (até demais)
- Bolsonaro quer aposentadoria de servidores públicos só depois dos 65
- Com classe dividida, líderes de caminhoneiros decidem não aderir à paralisação
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.