CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
QUARTA-FEIRA, 17 DE OUTUBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Parte do PT está "se lixando" para Haddad, diz Cid Gomes
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Brasil
  Brasil
 
Brasil deve ampliar parcerias com o Benin nas áreas econômica e social
Data Publicação:25/03/2012
A presidenta Dilma Rousseff se reúne nesta sexta-feira (23/3) com o presidente do Benin, Boni Yayi, que visita o Brasil até amanhã (24/3). Os temas econômicos devem prevalecer nas conversas dominadas por questões relativas à energia e infraestrutura. Mas também deve ser negociada a ampliação de acordos referentes à área social. O Benin, na África, tem cerca de 9 milhões de habitantes e conquistou a independência da França há 51 anos.

As relações políticas e econômicas entre o Brasil e Benin se intensificaram desde a abertura das embaixadas de ambos os países no período de 2006 e 2007. No ano passado, o comércio bilateral ultrapassou US$ 139 milhões, o que representa um aumento de 225% em relação a 2006.

O Benin faz parte do projeto de cooperação técnica que se destina ao fortalecimento da cadeia produtiva do algodão denominado Cotton-4. Na visita ao Brasil, Yayi pretende negociar parcerias para compartilhar tecnologias desenvolvidas em instituições públicas e privadas do país.

O Brasil e Benin também têm parcerias para o desenvolvimento de ações para o tratamento da anemia falciforme, fortalecimento de cursos de educação profissional e cooperativismo e programas de inclusão social por meio do futebol e gestão do patrimônio material e imaterial.

Em janeiro de 2012, Yayi foi eleito presidente da Assembleia da União Africana - organização formada por 54 países da região e que conta com o Brasil como observador. No momento, o desafio do bloco é negociar o fim do clima de tensão no Mali, alvo de golpe de Estado liderado por militares.


Fonte:Ag Brasil



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Bolsonaro quer mudar representação de Nossa Senhora Aparecida? Não é verdade
- Mangueira escolhe para 2019 samba enredo que homenageia Marielle
- Em novo aceno ao Nordeste, Bolsonaro promete concluir transposição do São Francisco
- Na TV, vice de Haddad faz alerta sobre notícias falsas
- Palocci entrega 19 tipos de provas para atestar delação premiada
- TRF-1 concede liberdade a ex-governador de Goiás Marconi Perillo
- Este é o Brasil visto do alto da Estação Espacial Internacional; veja fotos
- Coronel avisou Bolsonaro de irregularidades de Mourão em projeto de R$ 32 milhões do Exército
- Brasil na mira de Trump após legitimar táticas linha dura no comércio
- Mulher de Moro faz campanha nas redes pelo voto consciente
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.