CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SÁBADO, 25 DE MAIO DE 2019
ULTIMA NOTÍCIA:
Kings Sneakers apresenta coleção outono/inverno 2019
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Brasil
  Brasil
 
Dilma destaca parceria para implantar um transporte de massa de qualidade
Data Publicação:21/03/2012
O governo federal vai financiar com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC da Mobilidade Urbana), no valor de R$ 1,63 bilhão, duas obras na cidade do Rio de Janeiro. Uma delas é a Transbrasil, corredor expresso de BRT (bus rapid transit), na Avenida Brasil, ligando o subúrbio de Deodoro, na zona norte, ao Aeroporto Santos Dumont, no centro da cidade, orçada em R$ 1,3 bilhão; e o VLT (veículo leve sobre trilhos), cujo custo atinge R$ 1,1 bilhão. O anúncio foi feito hoje (21) pela presidente Dilma Rousseff e pelo prefeito Eduardo Paes.

A participação do governo federal na Transbrasil somará R$ 1,129 bilhão e, no projeto do VLT, R$ 500 milhões, com contrapartida da prefeitura de R$ 171 milhões. No caso do VLT, o restante será viabilizado por meio de parceria público privada.

Em visita às obras da Transcarioca, em Madureira, na zona norte do Rio de Janeiro, que será o primeiro corredor de alta capacidade da cidade e ligará a Barra da Tijuca ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, a presidente Dilma Rousseff ressaltou a importância de se investir no transporte urbano. Disse que a parceria entre os três níveis do Executivo ( federal, estaduais e municipais) é a receita para que se fazer as obras necessárias a fim de mudar a realidade das cidades brasileiras.

A presidente lembrou que a capital fluminense sediará eventos importantes internacionais, como a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, em junho, a Copa do Mundo, em 2014, e as Olimpíadas, em 2016. Segundo ela, o esforço dos três governos será no sentido de deixar um legado para os habitantes da cidade. Dilma destacou que o Brasil tem o melhor carnaval do mundo, mas pode fazer também eventos importantes, porque “o país vem mudando, graças aos esforços do povo brasileiro. E graças a parcerias, como a nossa”.

Segundo Dilma, os BRTs estão mudando a vida das pessoas. O apoio do governo federal aos cinco corredores que formam um anel viário de 155 quilômetros de alta performance na cidade do Rio, integrando o sistema de transporte às linhas de metrô e de trens, totaliza R$ 4,2 bilhões. “Nós não estamos fazendo só uma obra de transporte. Nós estamos mudando a realidade do Rio de Janeiro no que se refere à convivência das pessoas”. Acrescentou que o Brasil, que se orgulha de ser a sexta maior economia do mundo, “tem que ter um transporte à altura”.

A proposta do governo federal, do governador Sergio Cabral e do prefeito Eduardo Paes, ressaltou a presidente, é elevar o Rio de Janeiro à condição de cidade desenvolvida. Ela disse que o governo federal levará a outras cidades dos demais estados a solução encontrada pelo Rio de Janeiro,que definiu como “uma das melhores práticas de transporte urbano do país”.

Dilma prometeu que,daqui para a frente, as três instâncias de governo estarão cada vez mais juntas, “avançando na qualidade de vida e, também, no desenvolvimento do estado do Rio de Janeiro, gerando mais emprego, melhorando a qualidade do emprego e garantindo, principalmente, aos nossos filhos e nossos netos, uma vida melhor”.



Fonte:ag Brasil



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Semana da Constelação Familiar: de 11 a 19/03
- STJ concede habeas corpus a deputado federal João Rodrigues por prescrição de prazo
- Equipe econômica de Guedes terá nove nomes do governo Temer
- FHC revela voto nulo em segundo turno das eleições presidenciais
- Aposentadoria integral ficará mais difícil a partir da semana que vem
- McDonalds demite funcionário que emprestou batata para o Burger King
- Homem coloca fogo em um morador de rua em Santos (SP)
- João de Deus, suspeito de abusos sexuais, se entrega à polícia em Goiás
- Por segurança, sinal de celular na Esplanada será bloqueado na posse de Bolsonaro
- Na mira de Bolsonaro, indulto de natal é ato final de Michel Temer
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.