CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEGUNDA-FEIRA, 20 DE NOVEMBRO DE 2017
ULTIMA NOTÍCIA:
Dodge recorre de decisão que tirou o sigilo da delação de marqueteiro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Diversidade
  Diversidade
 
Nigéria aprova lei que proíbe união homossexual
Data Publicação:13/01/2014

O presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, aprovou hoje (13) uma lei que proíbe o casamento e as uniões civis entre pessoas do mesmo sexo, informou o seu porta-voz, Reuben Abati. A lei prevê 14 anos de prisão para quem case ou viva em união de fato com uma pessoa do mesmo sexo. Os casamentos realizados no estrangeiro não são reconhecidos na Nigéria.

Quem estiver de algum modo relacionado a clubes ou organizações homossexuais ou demonstre publicamente um relacionamento desse tipo também pode ser punido com até dez anos de prisão, de acordo com a nova lei. Jonathan diz que assinou a lei porque ela é coerente com a atitude da maioria dos habitantes do país em relação à homossexualidade.

“Mais de 90% nigerianos opõe-se ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. Por isso, a lei está em linha com as nossas crenças culturais e religiosas”, explicou o porta-voz.

A Anistia Internacional havia pedido que o presidente nigeriano rejeitasse o projeto de lei, classificando-o como “discriminatório”.

* Com informações da Agência Lusa




Fonte:ag brasil



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Trump defende que transgêneros usem qualquer banheiro nos EUA
- Marido chega em casa e Ricardão passa noite na sacada
- Suprema Corte dos EUA legaliza casamento gay em todos os estados
- Bolsonaro é condenado a pagar indenização de R$ 150 mil por declarações homofóbicas
- Vaticano recebe grupo católico gay em audiência, discretamente
- 'Todo mundo é gay' vira destaque em site americano que premia propagandas
- Casal homoafetivo consegue adotar quatro irmãos, três deles com o vírus HIV, no Brasil
- CNJ: 122 magistrados têm união homossexual
- Dilma recomenda Disque 100 para denunciar violência homofóbica
- Nigéria aprova lei que proíbe união homossexual
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.