CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 16 DE NOVEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Diretor do Santander será presidente do BC do governo Bolsonaro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Diversidade
  Diversidade
 
Turismo notifica sites que associam símbolos do país a apelo sexual
Data Publicação:15/04/2012
O Ministério do Turismo notificou quase 2 mil sites na internet que associam marcas de programas e símbolos do país a apelo sexual e sensual. Em um ano de trabalho, a equipe técnica encontrou 38.865 sites com marcas do ministério. Do total, 2.169 usam essas marcas de maneira imprópria, sendo que 82% deles (1.770) fazem referência ao país como roteiro sexual. Foi identificada, por exemplo, uma página que apresenta um grupo de mulheres seminuas e, ao fundo, a bandeira brasileira. A busca englobou sites hospedados no Brasil e em outros países. Porém, o ministério não sabe informar por quem e de que locais eles são administrados. Um site pode ter o provedor em um país e o conteúdo ser administrado por uma pessoa em outra parte do planeta.

Dos mais de 2 mil sites notificados, 1.100 atenderam à solicitação do governo federal, tiveram o conteúdo ajustado ou retirado do ar. O ministério aguarda o posicionamento do restante. Para autuar os sites, o ministério usou como base a lei da Política Nacional de Turismo, de 2008, que define prevenção e combate “às atividades turísticas relacionadas aos abusos de natureza sexual e outras que afetem a dignidade humana, respeitadas as competências dos diversos órgãos governamentais envolvidos”. As situações com indícios de crimes contra crianças e adolescentes foram encaminhadas para investigação da Polícia Federal, segundo o ministério.


Fonte:ag Brasil



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- RJ recebe debate sobre inclusão social em outubro
- Descobriram um jeito de a gente ouvir música clássica
- 6 em cada 10 azeites do país são reprovados em fiscalização; veja a lista de empresas
- Trump defende que transgêneros usem qualquer banheiro nos EUA
- Marido chega em casa e Ricardão passa noite na sacada
- Suprema Corte dos EUA legaliza casamento gay em todos os estados
- Bolsonaro é condenado a pagar indenização de R$ 150 mil por declarações homofóbicas
- Vaticano recebe grupo católico gay em audiência, discretamente
- 'Todo mundo é gay' vira destaque em site americano que premia propagandas
- Casal homoafetivo consegue adotar quatro irmãos, três deles com o vírus HIV, no Brasil
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.