CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
DOMINGO, 22 DE JULHO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Dirigente do PSL confirma Janaína Paschoal como vice de Bolsonaro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Policia
  Policia
 
Amapa: Sem mandado, Polícia invade sede de Mídia Ninja no AP
Data Publicação:11/01/2017
A Casa Fora do Eixo Amapá, centro de ativismo e cultura em Macapá e sede da Mídia NINJA no estado, denunciou que foi invadida e ocupantes foram agredidos pela Polícia Militar do Estado na noite de ontem do último domingo (8), durante a realização do projeto Domingo na Casa, conhecido evento cultural da cidade.

O público do evento e os moradores da Casa afirmaram ter passado por momentos de terror, com a invasão do espaço por policiais fora do horário de serviço, que apontaram armas, gritaram, agrediram com socos e chutes, ofenderam verbalmente, sem qualquer medida legal, mandado de busca ou qualquer prerrogativa jurídica para a ação.

O motivo alegado para a truculência da PM foi de ter sido acionada para conter uma suposta “perturbação do sossego público”. A casa e todos seus cômodos foram revistados minuciosamente, dos quartos ao porão, e nada foi encontrado.

Um participante do evento foi detido, assim como o músico, articulador do Fora do Eixo no Amapá e produtor cultural Otto Ramos. Ambos foram conduzidos ao CIOSP (Centro Integrado de Operações e Segurança Pública) e afirmaram ter permanecidos detidos em celas, seminus, por mais de uma hora, até a chegada do delegado para colher os depoimentos.

Em entrevista ao Justificando, Otto afirma que os policiais entraram forçando a passagem da casa. “Não havia documento nenhum que permitisse eles entrarem. Reviraram tudo e claro, não encontraram nada”, disse. De acordo com ele, a acusação foi de perturbação de sossego e que um dos meninos que estava no evento tinha uma pequena quantidade de maconha. O jovem foi conduzido pela polícia, mas não é morador da casa.

Otto afirma que que os policiais agrediram as pessoas que estavam lá dentro. “Foi feito o exame de Corpo Delito e atestou agressão em duas mulheres, além de ameaça com outro rapaz e danos em uma das motos que foram derrubadas pelos policiais”, denuncia. O jornalista afirmou que apresentará uma queixa junto à Corregedoria da corporação.

A Polícia Militar do Amapá foi procurada pelo Justificando para se posicionar, mas não retornou o contato.


Fonte:http://justificando.cartacapital.com.br/2017/01/10/sem-mandado-policia-invade-sede-de-midia-ninja-no-ap2/



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- PF cumpre mandados contra deputada Cristiane Brasil em 2ª fase de operação contra fraudes no Ministério do Trabalho
- Operação da PF mira desvio de recursos federais para educação em quatro estados
- Interpol resgata 350 vítimas do tráfico em Brasil, Venezuela e Caribe
- PF prende ex-assessor de Dirceu em operação sobre fraudes em fundos de pensão
- Entenda o que a prisão de José Yunes significa para o governo Temer
- Petistas pedem federalização de investigação sobre ataque a caravana de Lula
- PF prende em aeroporto no Rio investigado em operação derivada da Lava Jato
- 2 - Ações de frigoríficos caem com nova fase da Operação Carne Fraca
- PF cumpre mandados de prisão em nova fase da Operação Carne Fraca
- Brasilia:Operação Delivery prende servidor da Câmara e ex-estagiária da PGR em Brasília
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.