CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
QUARTA-FEIRA, 23 DE MAIO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
No Afeganistão, um alcorão de seda para preservar o patrimônio cultural
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Politica
  Politica
 
TSE não pode tomar iniciativa de impedir Lula candidato
Data Publicação:21/05/2018
A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, refutou a possibilidade de que a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja bloqueada sem que haja contestação prévia.

“O Judiciário não age de ofício, age mediante provocação”, disse a ministra, em entrevista ao programa Canal Livre, da Band.

Lula cumpre pena de prisão em Curitiba desde abril, mas o PT reafirma constantemente que lançará e registrará seu líder como candidato à Presidência. Para a ministra, no entanto, o petista está inelegível porque foi condenado em segunda instância, como previsto na Lei da Ficha Limpa.

“Isso foi aplicado desde 2012. Eu não noto nenhuma mudança de jurisprudência no TSE. E o Supremo voltou a este assunto este ano e reiterou a jurisprudência e a aplicação da jurisprudência num caso de relatoria do ministro (Luiz) Fux, atual presidente do TSE.”

Apesar da questão complexa envolvendo Lula, Cármen Lúcia crê que o caso do petista não chegará ao STF. “Nós temos uma Justiça Eleitoral muito presente, e isso é matéria eleitoral que irá pra lá. Acho que não chega ao Supremo.”


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Câmara pagou despesas de petistas que foram ao julgamento de Lula em Porto Alegre
- Cármen Lúcia deixa fora da pauta de abril casos que podem evitar prisão de Lula
- Pela primeira vez, Gleisi cita possibilidade de Lula ser preso
- Candidatura de Alckmin esbarra em dificuldades de comunicação e resultado ruim em pesquisas
- Perfis falsos fizeram parte da campanha de Dilma, em 2010
- Projeto que legaliza jogos de azar pode ser pautado na Câmara
- Lula diz que pode se tornar preso político e adversários terão de arcar com o preço
- Doria se recusa a explicar decreto que o beneficia com segurança pessoal
- Ex-governador Sérgio Cabral pode ficar preso até 2046
- Lula responde a apoiador nas redes sociais e diz que não roubou
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.