CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SÁBADO, 20 DE OUTUBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Politica
  Politica
 
Datafolha: Eleitores de esquerda aumentam vantagem de Bolsonaro
Data Publicação:19/10/2018
A última pesquisa Datafolha, divulgada na noite desta quinta-feira (18), aponta que eleitores identificados com partidos de esquerda ajudam a manter a vantagem do candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, diante de Fernando Haddad (PT) no segundo turno da disputa eleitoral.

Segundo o levantamento, 52% dos entrevistados que declararam preferência pelo PSB demonstraram mais apreço a Bolsonaro, contra 31% que votariam em Haddad. Já entre os eleitores do PDT, partido de Ciro Gomes, a vantagem se reverte: 52% apoiam o petista contra 31% que optam pelo capitão da reserva.

Outros entrevistados identificados com siglas à esquerda deram preferência a Haddad; o petista foi o escolhido por 85% dos eleitores do PSOL, em contraponto a 15% que votariam em Bolsonaro. O deputado federal consegue até mesmo 5% dos votos de pessoas que se disseram ligadas ao PT — 90% ficam com o candidato do próprio partido.

Na transferência de votos, 19% dos eleitores de Ciro Gomes afirmaram que votarão em Bolsonaro, diante de 56% que preferem Haddad. Entre os que votaram em Guilherme Boulos no primeiro turno, 7% escolhem o militar e 68% apoiam Haddad.

Entre os entrevistados que votaram no PT, 4% afirmaram que pretendem mudar de candidato no segundo turno e apoiarão o deputado federal.

De acordo com o Datafolha, Bolsonaro conta com 59% das intenções de votos válidos (ou seja, aqueles que não consideram brancos, nulos e indecisos). Haddad apresenta 41%. O capitão da reserva cresceu um ponto percentual em relação ao primeiro levantamento feito logo após a votação do dia 7 de outubro.

O Datafolha entrevistou 9.137 eleitores em 341 municípios entre os dias 17 e 18 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-07528/2018. (Com informações da Folhapress)


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Lula não desiste da blindagem
- CONSULTORIA JURÍDICA DO SENADO CONCLUI QUE PEC 55 É INCONSTITUCIONAL
- Governo Temer ‘comemora’ pedido de vista sobre afastamento de Renan
- Câmara abre sessão para discutir e votar PEC do teto em 1º turno
- Mendes diz que Lewandowski participou de
- Câmara aprova medida provisória que recria Ministério da Cultura
- Câmara cassa o mandato de Cunha após mais de dez meses de processo
- Manobra secreta pode colocar Renan Calheiros na presidência do Brasil, diz jornalista
- Dilma diz que fará oposição
- Câmara aprova extinção de 10 mil cargos comissionados por funções para servidores
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.