CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
TERÇA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Na Suíça, pedreiros estudam por até 4 anos e ganham R$ 20 mil por mês
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Politica
  Politica
 
Ibope: Haddad sobe e diminui vantagem de Bolsonaro
Data Publicação:24/09/2018
O Ibope divulgou no início da noite desta segunda-feira sua mais recente pesquisa de intenção de voto. O destaque fica por conta do crescimento de Fernando Haddad do PT que aparece agora com 22%. Jair Bolsonaro aparece com 28% segue na ponta, mas viu sua vantagem em relação ao candidato petista diminuir consideravelmente. O levantamento ouviu 2.506 eleitores entre sábado (22) e domingo (23). O nível de confiança na pesquisa é de 95%, o que significa que existe a probalidade de 95% que os números correspondam a realidade. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no TSE com o número:TSE: BR-06630/2018. Vamos aos números:

Jair Bolsonaro (PSL): 28% Fernando Haddad (PT): 22% Ciro Gomes (PDT): 11% Geraldo Alckmin (PSDB): 8% Marina Silva (Rede): 5% João Amoêdo (Novo): 3% Alvaro Dias (Podemos): 2% Henrique Meirelles (MDB): 2% Guilherme Boulos (PSOL): 1% Cabo Daciolo (Patriota): 0% Vera Lúcia (PSTU): 0% João Goulart Filho (PPL): 0% Eymael (DC): 0% Branco/nulos: 12% Não sabe/não respondeu: 6%

Em relação ao levantamento anterior, Bolsonaro manteve 28% das intenções de voto. Já Fernando Haddad saltou de 19% para 22%. Ciro se manteve em 11%, Alckmin foi de 7% para 8% e Marina Silva caiu de 6% para 5%.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Justiça Eleitoral multa José Serra por propaganda eleitoral antecipada na web
- Dívidas dos Estados em discussão pelo Governo
- Para deputados, PT tenta abafar o mensalão quitando dívida com bancos
- Câmara aprova projeto que anistia candidatos com contas rejeitadas
- Câmara aprova PEC do Trabalho Escravo e matéria volta ao Senado Federal
- Decisão sobre depoimento de Cachoeira fica para a semana que vem
- Abolido o 14º e o 15º salários, pagos há 66 anos aos parlamentares pelo Senado
- Em discurso do Dia do Trabalho, Dilma cobra dos bancos juros mais baixos
- Maria do Rosário pede ao TSE mais acessibilidade ao eleitor com deficiência
- Pesquisa mostra que brasileiros estão satisfeitos com Dilma Rousseff, mas querem Lula em 2014
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.