CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEGUNDA-FEIRA, 19 DE NOVEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Pesquisadores criam IA capaz de burlar sistemas de impressão digital
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Politica
  Politica
 
Índice de brancos, nulos e indecisos é maior que o desempenho dos 4 primeiros colocados
Data Publicação:15/05/2018
A mais recente pesquisa de intenção de voto para presidente, divulgada na segunda-feira, 14/05, pela CNT/MDA, apontou um grande favorito para a eleição de outubro: ninguém. A soma de eleitores indecisos ou dispostos a votar em branco ou nulo chega a 45,7%, número superior ao desempenho dos quatro primeiros colocados na disputa.

Juntos, Jair Bolsonaro (18,3%), Marina Silva (11,2), Ciro Gomes (9%) e Geraldo Alckmin (5,3%) somam 43,8% das preferências.

O número de branco e nulos é de 29,6%, quase dez pontos a mais do que pesquisa CNT/MDA divulgada no final de abril de 2014: 20%. Àquela altura o total de indecisos era de 9,6%. Hoje é de 16,1%, quase o dobro.

Ou seja: o número de eleitores que não sabem ou não querem votar em nenhum dos candidatos a presidente aumentou cerca de 15% em quatro anos.

Em maio daquele ano, Dilma Rousseff despontava como favorita na pesquisa CNT/MDA, com 37% das intenções, e Aécio tinha 21%. Eles terminaram o primeiro turno com 41% e 33% dos votos válidos, respectivamente.

No fim, o índice de brancos e nulos foram 3,84% e 5,80%, e 19,39% se abstiveram. A tendência é que estes números sejam maiores nas eleições deste ano.

De acordo com a pesquisa CNT/MDA, Bolsonaro (PSL) lidera todos os cenários sem Lula (PT). O índice (18,3%) é parecido com o apurado por outros institutos e indica que o deputado, que começou a campanha mais cedo, atingiu o teto nessa fase pré-propaganda eleitoral.

O índice de 16% de indecisos, porém, mostra que muita coisa deve mudar quando a eleição começar oficialmente – por aqui, tradicionalmente, ao fim da cerimônia de encerramento da Copa. A repercussão da pesquisa e da lista de convocados pelo técnico Tite, divulgadas no mesmo dia, mostra qual é o assunto ainda predominante na cabeça do brasileiro.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Bolsonaro indica Tereza Cristina para o Ministério da Agricultura
- Estudo diz que 90% dos eleitores de Bolsonaro acreditaram em fake news
- Taxa de abstenção na eleição presidencial é a maior desde 1998
- Ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot declara voto em Haddad
- Datafolha: França na frente com 51%; João Doria com 49%
- Datafolha: Jair Bolsonaro, 55%; Fernando Haddad, 45%
- Luciano Huck ajudou a barrar nota anti-Bolsonaro em movimento de renovação
- Datafolha: Jair Bolsonaro 56% e Fernando Haddad 44%
- Para Alexandre de Moraes, defesa de fechamento do STF é ‘absurdo atentado verbal’
- Ministro da Cultura acusa Roger Waters de receber R$ 90 milhões para difamar Bolsonaro
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.