CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
QUINTA-FEIRA, 22 DE JUNHO DE 2017
ULTIMA NOTÍCIA:
Avião americano derruba drone na Síria e desperta ira de Moscou
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Politica
  Politica
 
Câmara abre sessão para discutir e votar PEC do teto em 1º turno
Data Publicação:10/10/2016
O plenário da Câmara dos Deputados começou às 14h desta segunda-feira, 10, a discutir em primeiro turno a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que cria um teto para os gastos públicos. A oposição promete apresentar uma série de requerimentos de obstrução, como pedidos de adiamento da votação e de retirada da PEC da pauta. O objetivo dos opositores é tentar impedir a análise da proposta nesta segunda. A votação em si da PEC só começará após os governistas rejeitarem todos os requerimentos de obstrução da oposição e depois de encerrada a fase discussão pelos deputados favoráveis e contrários à proposta. Para aprovar a PEC, o governo precisará ter votos favoráveis de 308 deputados, o equivalente a 3/5 dos 513 integrantes da Câmara, tanto no primeiro quanto no segundo turno de votação. A primeira votação só foi possível após o governo aprovar, por 255 votos a 9, requerimento de quebra de interstício para quebrar o prazo de duas sessões exigidos entre aprovação de uma PEC na comissão e no plenário. A votação em 2º turno só poderá ser realizada cinco sessões plenárias após a aprovação em primeiro turno. Com isso, a segunda votação da PEC está marcada para 24 e 25 de outubro.


Fonte:ag senado



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Justiça rejeita queixa-crime de Temer contra Joesley Batista por calúnia
- Da prisão, Cunha diz que discutiu com Joesley e Lula sobre impeachment de Dilma
- Defesa de Palocci relaciona Mantega a pagamento a marqueteiros
- Presidente tem de provar inocência, diz Tasso
- Base avalia que Temer não tem condições de continuar e já pensa em sucessão
- Dilma sugeriu mudar conta da Suíça para Cingapura, diz marqueteira do PT
- Lula diz a Moro que se for absolvido juiz tem que estar preparado para sofrer ataques
- 20 mil militantes do MST devem acompanhar depoimento de Lula
- Votação da reforma da Previdência é adiada
- Michel Temer sanciona leis em favor das mulheres
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.