CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
TERÇA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Para Alexandre de Moraes, defesa de fechamento do STF é ‘absurdo atentado verbal’
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Porto Alegre
  Porto Alegre
 
Fiergs quer imediata suspensão da tabela de fretes
Data Publicação:08/06/2018
O setor industrial está na iminência de paralisar a produção. Não se trata de uma nova greve do transporte rodoviário, mas sim como decorrência da edição pela ANTT da Tabela de Preços Mínimos de Frete que traz enormes distorções nos custos de logística das fábricas." Este é o início da carta que a FIERGS enviou nesta quarta-feira (6) ao ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, solicitando a imediata suspensão da Tabela dos Fretes. A entidade também sugere que após essa decisão o Governo Federal convoque as entidades da indústria e dos demais setores para, em conjunto, encontrar uma solução viável e realista. O posicionamento foi assinado pelo presidente em exercício da Federação, Cezar Müller, que igualmente encaminhou a correspondência a todos os deputados do Rio Grande do Sul para que gestionem junto ao Governo Federal a suspensão da Tabela. No anexo, a carta enviada ao ministro Padilha e aos parlamentares : “Sr. Ministro O setor industrial está na iminência de paralisar a produção. Não se trata de uma nova greve do transporte rodoviário, mas sim como decorrência da edição pela ANTT da Tabela de Preços Mínimos de Frete que traz enormes distorções nos custos de logística das fábricas. Além dos valores exorbitantes comparativamente aos que vinham sendo praticados – há registros de elevações superiores a 150% - o tabelamento é uma desastrosa intervenção na economia do País. Diante dessa nova crise que se abre no Brasil, propomos a imediata suspensão da Tabela dos Fretes. Após esta urgente decisão, sugerimos que o Governo Federal e a ANTT convoquem as entidades da indústria e dos demais setores para debater uma solução viável e realista. O momento é crítico e confiamos na ação rápida de V. Exa. para que se estabeleça novamente a normalidade das relações econômicas no País. Atenciosamente, Cezar Luiz Müller, presidente em exercício.”


Fonte:Unicom



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Instituto Elisabetha Randon destaca relação
- Governador Tarso defende parceria com O Governo para ampliar turismo durante a primeira Conferência Estadual
- COMEMORAÇÃO DO NATAL DA CIDADE DE PORTO ALEGRE NO ARAÚJO VIANNA
- Porto Alegre recebe nova loja gastronômica ligada na praticidade e qualidade de vida
- Varejistas da Fronteira aguardam por aprovação da Constitucionalidade dos freeshops brasileiros
- Brilho da lata apresenta o DVD “O Circo” no Multipalco, dia 4 de dezembro
- Vendas devem aumentar 7% com pagamento do 13º salário
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.