CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
A história por traz da foto desse estudante que era rejeitado na escola vai te emocionar
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Mundo
  Mundo
 
A história por traz da foto desse estudante que era rejeitado na escola vai te emocionar
Data Publicação:20/09/2018
Aos 16 anos, Andrew Kirby era um daqueles jovens que sentiam na pele o peso da solidão. O jovem da Carolina do Sul costumava fazer suas refeições sozinho durante o intervalo das aulas, mas tudo mudou graças a um grupo de alunos.

Sua mãe, Kay Kirby, usou o Facebook para contar o quanto está feliz pela mudança do filho na volta às aulas. “Ele normalmente come sozinho e isso parte meu coração. Mas assim que ele entrou no carro depois da escola, ele disse: ‘mãe, eu não comi sozinho! Alguns alunos do conselho estudantil perguntaram para mim e outros 3 outros que estavam comendo sozinhos se queríamos nos sentar com eles e disseram que podemos comer juntos de novo amanhã”, conta no post.

Andrew foi adotado ainda bebê por Kay e seu marido Tyler e o menino nasceu com neurofibromatose, condição genética que faz com que tumores benignos se formem no sistema nervoso. Kat diz que o filho sempre foi uma criança tímida e costumava sentar sozinho na escola desde pequeno, o que a preocupava.

“Quando ele dizia que não estava tomando o lanche com ninguém, eu tinha que tentar não chorar. E ele dizia: ‘mãe, está tudo bem. Eu fico no meu telefone, então eu nem percebo'”, contou a mãe ao Good Morning America.

Por isso Kay ficou tão feliz ao ver que as coisas mudaram com a entrada de Andrew no ensino médio. Os alunos do conselho estudantil perceberam que alguns colegas estavam sozinhos na hora do lanche e agora querem que todos se juntem para fazer as refeições.

“Pode parecer algo pequeno para eles, mas eles fizeram a diferença na vida de Andrew”. Além de comer todos os dias com os novos amigos, o jovem até foi ao cinema com eles, tudo combinado através do grupo de mensagens que agora possuem.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Putin retira Rússia da Corte Internacional de Direitos Humanos
- Brasil “rouba empregos” dos EUA, disse Trump em 2015
- TV estatal egípcia tira do ar as apresentadoras acima do peso
- Avião dos Emirados Árabes com 300 pessoas sofre acidente no pouso em Dubai
- Economia dos EUA decepciona novamente
- As fotos que ninguém mostra em San Fermín: veja o que acontece após a morte de um touro
- Por US$ 38 mi, Bill Gates compra rua inteira em cidadezinha na Flórida
- "Pais fundadores" da UE pressionam britânicos por saída rápida
- Estado Islâmico, cercado em seu reduto líbio, tenta o contra-ataque
- Peru encerra apuração, e Pedro Pablo Kuczynski é o novo presidente do país
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.