CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
TERÇA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Para Alexandre de Moraes, defesa de fechamento do STF é ‘absurdo atentado verbal’
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Mundo
  Mundo
 
A humanidade já consumiu mais recursos do que a Terra consegue gerar em 2018
Data Publicação:06/08/2018
Na última quarta-feira (1º), nós já esgotamos os recursos naturais que o planeta é capaz de renovar no período de um ano. Sendo assim, a partir de agora, estamos vivendo "no vermelho" — e o preço a se pagar por isso é alto.

Quem faz o cálculo para determinar o chamado "Dia da Sobrecarga da Terra" é a Global Footprint Network (GFN), que começou esta atividade em 1970. Naquele ano, a temida data chegou no mês de dezembro, enquanto que, em 1997, o tal dia aconteceu no final de setembro. Agora, em 2018, já esgotamos os recursos naturais da Terra em agosto, o que mostra que não estamos fazendo o suficiente para preservar o planeta.

O cálculo é feito da seguinte maneira: a GNF divide a biocapacidade da Terra (que são os recursos naturais gerados a cada ano) pelo total da demanda da humanidade por tais recursos. A organização revelou que, neste ano, nós precisaremos usar a produção equivalente a 1,7 Terras para sustentar nossa sociedade. Para piorar, a previsão é de que, se nada mudar, em 2030 acabaremos precisando da capacidade de dois planetas Terra para que a demanda seja suprida.

Vale lembrar que os humanos representam apenas 0,01% da vida terrestre, mas a nossa espécie já foi responsável por eliminar 83% dos mamíferos selvagens. Resultados dessa nossa relação nada saudável com o meio-ambiente envolvem desmatamentos, secas, emissões de gases de efeito estufa, mudanças climáticas e extinção de espécies.

Segundo a GFN, 86% dos países atualmente vivem além de suas possibilidades, causando o chamado "déficit ecológico". Um desses países são os Estados Unidos: de acordo com os cálculos da entidade, se o mundo todo consumisse a mesma quantidade de recursos, na mesma intensidade do país norte-americano, o Dia da Sobrecarga da Terra em 2018 teria acontecido em 15 de março.

Contudo, ainda que seja uma má notícia sabermos que estamos consumindo mais do que o planeta é capaz de fornecer em um ano, não se pode ignorar o fato de que tal dia fatídico vem acontecendo em agosto desde 2011 — ou seja, mesmo com o crescimento populacional, as medidas globais que já vêm sendo tomadas para mudar este cenário podem estar surtindo efeito, impedindo que o Dia da Sobrecarga da Terra aconteça ainda mais rapidamente.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- China quer lançar até 2020 “lua artificial” para iluminação noturna
- Caçadores de nazistas: casal é condecorado pelo governo francês
- Paul Allen, cofundador da Microsoft, morre de câncer, diz família
- ONGs alertam que fome alcança níveis alarmantes em 60 países
- Óvnis são avistados por 6 aviões comerciais no norte do Chile
- Idosa de 96 anos tinha fortuna de centenas de milhões - e nem mesmo sua família sabia
- Anvisa suspende a fabricação e venda de cosméticos
- Tigre branco mata cuidador em zoológico no Japão
- Obra de arte vendida por US$ 1 milhão se autodestrói após a compra
- Preso por estupro, ex-campeão mundial de boxe paga fiança de R$ 400 mil
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.