CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
DOMINGO, 19 DE AGOSTO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
União Europeia não pediu retaliação ao Brasil por prisão de Lula
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Mundo
  Mundo
 
Casal francês é declarado culpado de matar babá em Londres
Data Publicação:26/05/2018
Um casal francês foi declarado culpado, nesta quinta-feira (24), do assassinato de uma jovem conterrânea que cuidava de seus filhos em Londres, um caso que causou consternação no Reino Unido e na França.

Sabrina Kouider, de 35 anos, e Ouissem Medouni, de 40, torturaram Sophie Lionnet, de 21, antes de matá-la e, depois, tentaram se desfazer de seu corpo, queimando-o no jardim de sua casa no bairro de Wimbledon.

Kouider é estilista, e seu companheiro, um antigo analista financeiro.

A mulher chorou ao conhecer o veredicto, que o júri levou mais de uma semana para alcançar.

As penas serão anunciadas em 26 de junho.

Os pais de Sophie, Patrick Lionnet e Catherine Devallonné, assistiram à leitura do veredicto, ao fim do qual classificaram os réus de "monstros".

"Sophie cuidou dos filhos deles (...) Esses monstros a agrediram até a morte, a fizeram passar fome", disse Catherine à imprensa, acrescentando que a família está completamente arrasada com sua morte.

Em uma declaração, Patrick Lionnet afirmou que sua filha era seu "orgulho" e "alegria".

"Sabrina e Ouissem não apenas tiraram a vida de Sophie. Tiraram a minha, meu sonho, minha alegria de viver", acrescentou.

"O que Sabrina e Ouissem fizeram com minha filha excede toda compreensão. É imperdoável", desabafou o pai.

- Convencidos de que era espiã

O gatilho do assassinato foi que Sabrina estava convencida de que a babá era uma espiã a serviço de seu ex-companheiro Mark Walton, ex-membro do grupo de música irlandês Boyzone, com quem tem um filho.

Os réus se acusaram mutuamente da morte de Sophie, que viveu um calvário antes de morrer, conforme relatos no julgamento.

Em 20 de setembro de 2017, os bombeiros se aproximaram do jardim da família, no sudoeste de Londres, alertados por um morador que informou sobre uma fumaça preta e um cheiro horrível, e viram Medouni queimando o cadáver.

Ele lhes disse, então, tranquilamente, que estava cozinhando um cordeiro.

"Por que você está queimando um corpo?", perguntou o bombeiro Thomas Hunt, após ver dedos e um nariz, como ele mesmo contou no tribunal. "É um cordeiro", respondeu Ouissem Medouni, que parecia calmo - acrescentou Hunt.

A Procuradoria celebrou o veredicto.

"Apenas Kouider e Medouni sabem exatamente como mataram Sophie, mas a Procuradoria buscou provar que morreu como resultado de uma violência contínua e decidida, e não por acidente", disse a procuradora Aisling Hossein.

O caso expôs a vulnerabilidade das babás ("au pair"), geralmente mulheres jovens que, no caso do Reino Unido, vão ao país aprender inglês, enquanto cuidam de crianças em troca de comida e de um quarto. Muitas vezes, acabam sendo transformadas em criadas, suscetíveis de abusos.

Sophie Lionnet já havia manifestado para sua mãe o desejo de voltar para a França um ano antes de ser assassinada.

"Se tivesse dinheiro para comprar uma passagem e tomar um táxi, já teria feito isso", disse-lhe em uma mensagem.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Ex-secretário-geral da ONU e Nobel da Paz, Kofi Annan morre aos 80 anos
- Estado Islâmico mata casal dos Estados Unidos que dava volta ao mundo
- Motorista da Uber teria matado taxista e ferido outros dois no Chile
- Coreia do Norte limita visitas de grupos turísticos chineses
- Quênia prende suspeito de matar rinoceronte-negro
- Polícia fecha aeroporto em Berlim após confundir vibrador com explosivo
- Custo da guerra na Síria chega a quase US$ 400 bilhões, diz ONU
- A humanidade já consumiu mais recursos do que a Terra consegue gerar em 2018
- Explosão perto do aeroporto de Bolonha deixa um morto e mais de 50 feridos
- Adolescente palestino morre em Gaza após confrontos na fronteira com Israel
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.