CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2019
ULTIMA NOTÍCIA:
Chefe da Lava Jato no Rio diz que STF barra a maior parte das investigações de lavagem
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Mundo
  Mundo
 
Governo da Colômbia e ELN vão retomar diálogos de paz em Cuba
Data Publicação:06/05/2018
O governo da Colômbia e a guerrilha ELN irão retomar os diálogos de paz em Havana, depois que o Equador se afastou surpreendentemente das negociações, que visam a encerrar um conflito armado de meio século.

"Após examinarmos conjuntamente as opções para retomar os diálogos o mais rapidamente possível, decidimos continuar a quinta rodada na cidade de Havana, a partir da próxima semana", indicaram as partes neste sábado, em comunicado oficial.

O Equador havia acolhido as negociações de Bogotá com o último grupo rebelde da Colômbia desde fevereiro de 2017. No último 19 de abril, deixou de sediar as conversas e de ser um dos seis países garantidores, após ataques e sequestros de dissidentes da ex-guerrilha das Farc em seu território.

No momento da suspensão, o governo e o ELN negociavam um cessar-fogo bilateral, após o descongelamento do processo, em 15 de abril, depois de uma crise que causou o recrudescimento dos confrontos.

"O trabalho desta quinta rodada seguirá concentrado em alcançar um novo cessar-fogo e o desenho da participação da sociedade, que impulsionem o desenvolvimento da agenda e a possibilidade de se chegar a um Acordo Marco", assinalaram as partes.

"Esperamos ir avançando muito rápido", declarou o presidente Juan Manuel Santos.

Havana foi sede por quatro anos dos diálogos com as Farc, concluídos em 2016, com a assinatura de um acordo de paz histórico.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Trump anula sanções contra Pyongyang por apreço a Kim Jong Un
- Guaidó chega a Bogotá para aumentar pressão contra Maduro na Venezuela
- Observadores da ONU para cessar-fogo no Iêmen chegam a Hodeida em meio a novos confrontos
- Itamaraty não recebeu notícias de brasileiros vítimas de tsunami
- Trump rejeita acordo para evitar paralisação do governo
- Devedor pode ter passaporte e CNH bloqueados até quitar os débitos; entenda
- Goodyear fecha fábrica na Venezuela e paga funcionários com pneus
- Graças à sonda InSight, a humanidade agora pode ouvir os ventos de Marte
- Trump e Xi Jinping concluíram trégua comercial
- Novo protesto contra o governo mergulha França no caos
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.