CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SÁBADO, 25 DE MAIO DE 2019
ULTIMA NOTÍCIA:
Kings Sneakers apresenta coleção outono/inverno 2019
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Mundo
  Mundo
 
Estado Islâmico afirma que colocou bomba que causou queda de avião russo
Data Publicação:18/11/2015
O grupo Estado Islâmico (EI) assegurou nesta quarta-feira que colocou a bomba a bordo do avião russo que caiu na península egípcia do Sinai em 31 de outubro. O EI explicou que descobriu uma forma de superar a segurança no aeroporto de Sharm el-Sheikh, de onde decolou o avião que caiu com 224 pessoas a bordo, enquanto se dirigia para São Petersburgo. Esta é a primeira vez que o EI, que reivindicou o ataque no dia do drama, explica como procedeu para realizar o atentado.
O grupo postou fotos do suposto explosivo, que aparentemente estava escondido numa lata de refrigerante, e de passaportes que pertenciam a alguns dos passageiros mortos, recuperados no local em que o Airbus A321 da companhia aérea russa Metrojet caiu.
Segundo a revista digital do EI, Dabiq, os jihadistas queriam derrubar um avião pertencente a um país integrante da coalizão antijihadista internacional que bombardeia seus combatentes no Iraque e na Síria.
A organização extremista decidiu, no entanto, atacar um o avião russo depois que Moscou iniciou uma campanha de bombardeios na Síria para dar apoio ao regime de Bashar al Assad.



Fonte:AFP



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Trump anula sanções contra Pyongyang por apreço a Kim Jong Un
- Guaidó chega a Bogotá para aumentar pressão contra Maduro na Venezuela
- Observadores da ONU para cessar-fogo no Iêmen chegam a Hodeida em meio a novos confrontos
- Itamaraty não recebeu notícias de brasileiros vítimas de tsunami
- Trump rejeita acordo para evitar paralisação do governo
- Devedor pode ter passaporte e CNH bloqueados até quitar os débitos; entenda
- Goodyear fecha fábrica na Venezuela e paga funcionários com pneus
- Graças à sonda InSight, a humanidade agora pode ouvir os ventos de Marte
- Trump e Xi Jinping concluíram trégua comercial
- Novo protesto contra o governo mergulha França no caos
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.