CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Bolsonaro afirma que não irá participar de debates no segundo turno
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Mundo
  Mundo
 
Dolce e Gabbana se defendem de boicote à marca no Instagram
Data Publicação:17/03/2015

A dupla Dolce & Gabbana usou o Intagram nas últimas 24 horas para responder à campanha liderada por Elton John, iniciada no último domingo (15). O cantor usa a hashtag #BoycottDolceAndGabanna, incitando o boicote à grife, depois que os estilistas fizeram comentários controversos a respeito da adoção e fertilização in vitro por pais gays. As informações são do site Marshable.

Domenico Dolce and Stefano Gabbana, que se relacionam há 23 anos e não têm filhos, colocaram o tema ‘família’ em foco ao participar de uma entrevista à revista italiana Panorama.

No início do mês, eles usaram modelos grávidas e segurando bebês durante o desfile da marca no Milão Fashion Week.

Elton, que tem dois filhos com seu marido David Furnish, inciou a campanha pelo boicote depois da declaração de que crianças concebidas via fertilização são ‘sintéticas’. Ele usou a hashtag em postagens de fotos de perfumes da marca.

Gabanna tentou fazer um contra-protesto no Instagram, inundando sua conta com comentários de seguidores que se posicionam contra o boicote. Em uma das imagens, ele até mesmo se apropria do slongan do jornal francês Charlie Hebdo, ‘Je Suis Dolce & Gabbana’.




Fonte:terra



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- China quer lançar até 2020 “lua artificial” para iluminação noturna
- Caçadores de nazistas: casal é condecorado pelo governo francês
- Paul Allen, cofundador da Microsoft, morre de câncer, diz família
- ONGs alertam que fome alcança níveis alarmantes em 60 países
- Óvnis são avistados por 6 aviões comerciais no norte do Chile
- Idosa de 96 anos tinha fortuna de centenas de milhões - e nem mesmo sua família sabia
- Anvisa suspende a fabricação e venda de cosméticos
- Tigre branco mata cuidador em zoológico no Japão
- Obra de arte vendida por US$ 1 milhão se autodestrói após a compra
- Preso por estupro, ex-campeão mundial de boxe paga fiança de R$ 400 mil
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.