CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
TERÇA-FEIRA, 25 DE JUNHO DE 2019
ULTIMA NOTÍCIA:
Espetáculo Querubim fica em cartaz até 07/07 no RJ
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Mundo
  Mundo
 
Jovens acusados de homossexualidade são degolados pelo EI no Iraque
Data Publicação:09/03/2015

Quatro jovens acusados de serem homossexuais foram degolados em uma praça pública de Mossul, Iraque, por membros da facção Estado Islâmico. Segundo o funcionário da administração local Mohammed Fares, membros do EI convocaram os moradores do bairro de Al Rashidia, no norte da cidade, para presenciar a execução extrajudicial dos quatro jovens, que tinham entre os 20 e 30 anos.

Os homens teriam tido suas sentenças proferidas por um "juiz" designado pelo EI, Taha Hussein. Em seguida, eles foram degolados por membros do grupo terrorista.
A homossexualidade é ilegal em muitos países islâmicos. Em alguns, como Arábia Saudita, Sudão e Iêmen, ela pode ser castigada com a pena capital.

No início de janeiro, o EI assassinou outros quatro jovens acusados de serem homossexuais, jogando-os do terraço da sede da Companhia Nacional de Seguros, em frente ao edifício do governo de Mossul.

Mossul, a segunda cidade mais importante do Iraque, foi ocupada em 9 de junho, controle que se estendeu rapidamente por amplas zonas do norte do país.
O EI proclamou um califado nos territórios sob seu controle no Iraque e na Síria, onde impôs uma interpretação extremista da lei islâmica.




Fonte:folhapress



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Trump anula sanções contra Pyongyang por apreço a Kim Jong Un
- Guaidó chega a Bogotá para aumentar pressão contra Maduro na Venezuela
- Observadores da ONU para cessar-fogo no Iêmen chegam a Hodeida em meio a novos confrontos
- Itamaraty não recebeu notícias de brasileiros vítimas de tsunami
- Trump rejeita acordo para evitar paralisação do governo
- Devedor pode ter passaporte e CNH bloqueados até quitar os débitos; entenda
- Goodyear fecha fábrica na Venezuela e paga funcionários com pneus
- Graças à sonda InSight, a humanidade agora pode ouvir os ventos de Marte
- Trump e Xi Jinping concluíram trégua comercial
- Novo protesto contra o governo mergulha França no caos
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.