CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 16 DE NOVEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Diretor do Santander será presidente do BC do governo Bolsonaro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Mundo
  Mundo
 
Cinegrafista americano contrai vírus ebola na Libéria e será levado para os Estados Unidos
Data Publicação:03/10/2014

Um cinegrafista free-lance americano que trabalhava para a rede NBC na Libéria teve diagnóstico positivo para o vírus ebola e será levado de volta para os EUA para o tratamento.

O cinegrafista, que a NBC informou ter apresentado na quarta-feira (1º) sintomas que incluíam dores e fadiga, é o primeiro jornalista americano a ser infectado com o vírus mortal desde o atual surto na África Ocidental.

O freelancer, que a NBC informou que trabalha também como escritor e cujo nome não foi divulgado, é o quinto cidadão norte-americano a contrair a doença na África Ocidental.

Quatro deles se infectaram na Libéria.

O jornalista, de 33 anos, que adoeceu na quarta-feira, havia sido contratado na terça-feira para servir como um segundo cinegrafista da editora da NBC da área médica, Nancy Snyderman, que está na capital da Libéria, Monróvia, cobrindo o surto de ebola.

Imediatamente após começar a sentir-se doente, o cinegrafista descobriu que estava com febre e procurou orientação médica.

Ele então foi para um centro de tratamento da ONG Médicos sem Fronteiras para fazer o teste do vírus. O resultado, positivo, veio em 12 horas.

"Estamos fazendo tudo que podemos para que ele receba o melhor cuidado. Ele será levado de volta aos EUA para tratamento em um centro médico que está equipado para lidar com pacientes de ebola", disse a presidente da NBC News, Deborah Turness.

Turness disse que, como precaução, Snyderman e o resto da equipe NBC serão levados de volta para os Estados Unidos em um voo privado e ficarão sob quarentena por 21 dias.




Fonte:folhapress



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Brasileiro é condenado a prisão perpétua por matar tios e primos na Espanha
- Encontrada nova superterra próxima ao nosso planeta
- Assassinato interrompe sessão em Congresso do México
- China quer lançar até 2020 “lua artificial” para iluminação noturna
- Caçadores de nazistas: casal é condecorado pelo governo francês
- Paul Allen, cofundador da Microsoft, morre de câncer, diz família
- ONGs alertam que fome alcança níveis alarmantes em 60 países
- Óvnis são avistados por 6 aviões comerciais no norte do Chile
- Idosa de 96 anos tinha fortuna de centenas de milhões - e nem mesmo sua família sabia
- Anvisa suspende a fabricação e venda de cosméticos
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.