CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
DOMINGO, 19 DE MAIO DE 2019
ULTIMA NOTÍCIA:
Kings Sneakers apresenta coleção outono/inverno 2019
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Mundo
  Mundo
 
Rússia garante a EUA que suas tropas não cruzarão fronteira leste da Ucrânia
Data Publicação:20/03/2014

Washington, 20 mar (EFE).- O ministro da Defesa russo, Sergei Choigu, garantiu ao secretário de Defesa dos Estados Unidos, Chuck Hagel, que as tropas de seu país não têm intenção de atravessar a fronteira leste da Ucrânia, frente na qual estão realizando exercícios militares.

Segundo afirmou em entrevista coletiva o porta-voz do Pentágono, o contra-almirante John Kirby, Choigu assegurou que as tropas russas enviadas perto da fronteira ocidental russa só estão realizando manobras militares e não têm intenção de ocupar outros territórios dentro da Ucrânia.

Hagel telefonou para seu colega russo pelos temores a uma escalada militar, depois das informações que deram conta da tomada de bases navais ucranianas na península da Crimeia, da morte a tiros de um militar ucraniano e das preocupações transmitidas por Kiev sobre as intenções russas.

O chefe do Pentágono "deixou claro que o que está acontecendo na Crimeia não está ajudando a diminuir a tensão (...) e também foi direto sobre suas preocupações em torno das tropas no lado russo da fronteira com a Ucrânia no leste e no sul; queríamos saber o que ocorre", explicou Kirby.

"O secretário Hagel expressou com firmeza que, já que as forças russas controlam a península da Crimeia, a Rússia será responsável do que acontecer", afirmou o porta-voz, que detalhou que a conversa durou uma hora.

Além disso, o secretário de Defesa transmitiu sua preocupação pelos movimentos de tropas nas cercanias das fronteiras sul e leste da Ucrânia.

"O ministro russo assegurou que é um exercício, que não têm a intenção de atravessar a fronteira rumo ao interior da Ucrânia e que não haverá ações agressivas (...) Confiamos que mantenham sua palavra", declarou Kirby.

Por outra parte, o Pentágono confirmou hoje que está estudando uma lista enviada pela Ucrânia na qual solicita o envio de ajuda militar.

Kirby explicou que a lista inclui tanto armamento como outro tipo de assistência, mas por enquanto o Pentágono está se inclinando a oferecer apenas "ajuda não letal", como material médico, uniformes e alimentos instantâneos. EFE




Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Trump anula sanções contra Pyongyang por apreço a Kim Jong Un
- Guaidó chega a Bogotá para aumentar pressão contra Maduro na Venezuela
- Observadores da ONU para cessar-fogo no Iêmen chegam a Hodeida em meio a novos confrontos
- Itamaraty não recebeu notícias de brasileiros vítimas de tsunami
- Trump rejeita acordo para evitar paralisação do governo
- Devedor pode ter passaporte e CNH bloqueados até quitar os débitos; entenda
- Goodyear fecha fábrica na Venezuela e paga funcionários com pneus
- Graças à sonda InSight, a humanidade agora pode ouvir os ventos de Marte
- Trump e Xi Jinping concluíram trégua comercial
- Novo protesto contra o governo mergulha França no caos
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.