CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
QUINTA-FEIRA, 16 DE AGOSTO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Família sepulta parente e ele reaparece vivo meses depois
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Goiás
  Goiás
 
Promotor pede que seja anulado decreto que nomeou cunhado do ex-governador Marconi Perillo a conselheiro do TCM-GO
Data Publicação:07/06/2018
O promotor de Justiça Fernando Krebs pediu ao Poder Judiciário, na terça-feira (5), que declare nulo o decreto que nomeou Sérgio Antônio Cardoso, cunhado do ex-governador Marconi Perillo (PSDB), para o cargo vitalício de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás (TCM-GO). Para a promotoria, ele foi escolhido devido ao parentesco com o político.

O G1 tentou contato, por telefone, com Cardoso, mas as ligações não foram atendidas. A reportagem também pediu um posicionamento para a assessoria de imprensa do TCM-GO, por e-mail e telefone, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

Já assessoria de imprensa de Perillo informou, em nota, que o TCM é um órgão auxiliar do Poder Legislativo, e a nomeação foi aprovada pelo plenário da Assembleia Legislativa.

Influência de Perillo

Krebs defende que Perillo iniciou nos bastidores o processo para a nomeação do cunhado enquanto era governador, pois o tucano deixou o posto no dia 6 de abril para disputar as eleições deste ano. No dia seguinte, José Eliton foi empossado e, dois dias depois, em 9 de abril, já indicou Cardoso para ocupar a vaga recém-aberta com a aposentadoria de Sebastião Monteiro Guimarães Filho.

De acordo com Krebs, o projeto “voou” na Assembleia Legislativa de Goiás, pois Queiroz foi escolhido em um período de quatro dias: o projeto foi lido no dia 10 de abril e encaminhado para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação; no dia 11 o cunhado de Perillo foi sabatinado; e, no dia seguinte, teve o nome foi aprovado pelo Plenário da Assembleia Legislativa, em votação secreta.


Fonte:https://g1.globo.com/go/goias



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Casal de jovens é morto a tiros após sair de velório em cemitério de Aparecida de Goiânia
- Justiça adia audiência de bispo de Formosa e padres acusados de desviar R$ 2 milhões em dízimos
- Advogado é preso suspeito de repassar celulares para cliente preso durante audiência, em Goiânia
- Artista transforma caçambas de lixo em obras de arte para recolher roupas, brinquedos e alimentos, em Goiânia
- PC do B decide apoiar candidato do PT ao Governo de Goiás
- Homem é preso suspeito de abusar sexualmente das sobrinhas, em Valparaíso de Goiás
- Estudante que ficou paraplégica após ser baleada por colega em Goiânia pede ajuda para fazer terapia em São Paulo
- Goiana com doença rara faz bazar para bancar tratamento que custa R$ 4 mil por mês
- PPS define apoio a José Eliton, do PSDB, para o Governo de Goiás
- Garçom é condenado por matar ex-mulher asfixiada por ciúmes, em Goiânia
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.