CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
QUINTA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Apple assina contrato de muitos anos com Oprah Winfrey
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Goiás
  Goiás
 
Vereador é suspeito de ficar com R$ 175 mil pago a empresas e funcionária contratadas em São Simão
Data Publicação:07/06/2018
Ex-presidente da Câmara de São Simão, o vereador Leopoldo Pereira (MDB), de 42 anos, é investigado por se apropriar de, pelo menos, R$ 175 mil dos contratos firmados com empresas na área de informática e com uma funcionária da Casa. Devido à suspeita, a Polícia Civil cumpriu, na quarta-feira (6), três mandados de busca e apreensão na residência e no gabinete do político.

“Havia aumento de gastos muito expressivo em contratos, de até 2.000%. Duas empresas confirmaram que eram combinado repassar até 50% do valor pago para o vereador”, disse a delegada Mayana Rezende, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra a Administração Pública (Dercap).

O vereador disse ao G1, por telefone, que não cometeu desvio de dinheiro e acredita que o motivo da denúncia seja perseguição política. “Sou vereador de três mandados consecutivos, oposição à atual administração pública e estou incomodando. É uma denúncia que não tem fundamento. Não tem nada que comprove essa suspeita”, afirmou o vereador.

A delegada informou que as irregularidades ocorreram entre 2015 e 2016, quando o vereador ocupava a presidência da Câmara. A investigação começou após uma denúncia ser feita no Ministério Público de Goiás (MP-GO), que foi repassada à Polícia Civil, em abril deste ano.


Fonte:https://g1.globo.com/go/goias



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Guarda Civil lança campanha para tentar evitar acidentes com uso de pipas com cerol, em Goiânia
- Pesquisa aponta que Goiânia tem o 2º m² mais barato entre 20 cidades brasileiras
- Detentos queimam colchões pedindo volta de televisores em presídio de Catalão, GO
- Bombeiros combatem incêndio em bambuzal no Bosque dos Buritis, em Goiânia
- Jovem morre após bater moto contra placa em avenida de Goiânia
- Jogos do Brasil na Copa alteram o funcionamento de alguns serviços em Goiânia e no interior; veja
- BRF anuncia fechamento da linha de abate de perus em Mineiros, GO
- Polícia prende trio suspeito de matar dois homens por engano em disputa de tráfico de drogas, em Caldas Novas
- MP-GO pede suspensão imediata da cobrança de taxa de tratamento de esgoto em Goiânia por ineficiência
- Suspeito de matar ex-mulher a facadas dentro de casa é preso em Rio Verde, GO
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.