CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
DOMINGO, 20 DE MAIO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Pequim diz que China e EUA concordam em evitar guerra comercial
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Goiás
  Goiás
 
Jovem estuprada enquanto a mãe era mantida em cárcere está traumatizada e quer se mudar de Goiânia, diz irmão
Data Publicação:15/05/2018
O filho da auxiliar de cozinha mantida em cárcere enquanto a filha de 20 anos era estuprada disse que a mãe e a irmã dele foram ameaçadas de morte pelo estuprador, em Goiânia. Ele, que não quis se identificar, disse que a família está traumatizada, e que a jovem, que já enfrentava uma depressão antes do crime, pensa em se mudar da capital.

"Ela [mãe] fala que ele a trancou no quarto enquanto abusava. Ele sempre mostrava a faca dizendo que, se gritasse, ia matar. Ela falou: "Será que daria de ter corrido, gritado?". Está pegando a culpa para si, mas falei que agiu como tinha de ser", relata.

O crime ocorreu na casa em que a jovem e a mãe dela moravam, no Setor Marilizia. Segundo a Polícia Civil, o criminoso, de 23 anos, ainda levou um tablet e um celular das vítimas. Ele alegou que pretendia cometer um assalto e entrou na casa errada.

O rapaz contou que a irmã não quis voltar para casa e pretende se mudar de Goiânia. Ele disse que a jovem possui depressão e piorou após o crime.

"Ela fica o tempo inteiro encolhida, a gente fala, e ela não responde. Nós estamos com medo de deixar ela só, ela já falou duas vezes de tirar a própria vida, foi uma cena de terror", disse o irmão, que não quis se identificar.

A estudante teve anorexia aos 13 anos e, desde então, também sofre com depressão. Após o crime, ela começou, junto com a mãe, um novo tratamento psicológico.

Nesta segunda (14), o juiz Oscar de Oliveira Sá Neto decidiu, em audiência de custódia, manter o rapaz preso. A mãe dele contou que está desolada, mas afirmou que ele precisa pagar pelo que cometeu.


Fonte:https://g1.globo.com/go/goias



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Três empresas são habilitadas para seguir na licitação das obras do Parque Serrinha, em Goiânia
- Relatório final da CEI da Saúde é aprovado, pede indiciamento de secretária e mais 27, mas isenta prefeito de Goiânia
- Jovem é presa ao tentar entrar no presídio de Piracanjuba com 92g de maconha nas partes íntimas
- Pastores são presos suspeitos de obter R$ 15 milhões aplicando golpes em fiéis de Goianésia
- Jovem morre após cair da moto que pilotava no Condomínio das Esmeraldas, em Goiânia
- Operação prende dez pessoas em Goiás pelo crime de pornografia infantil
- Governo de Goiás passa a utilizar aplicativo de táxi para reduzir gastos
- Polícia prende dupla que trocava cartões de clientes de bancos e gastavam com luxo
- Dois são presos em MS com uma tonelada de maconha que seria entregue em Goiânia
- Segunda fase da Operação Ostentação prende duas mulheres e apreende quatro veículos em Aparecida de Goiânia
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.