CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
TERÇA-FEIRA, 18 DE DEZEMBRO DE 2018
ULTIMA NOTÍCIA:
Por segurança, sinal de celular na Esplanada será bloqueado na posse de Bolsonaro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Entretenimento
  Entretenimento
 
Em chegada da taça da Copa a Moscou, Matthäus coloca Brasil e Alemanha como favoritos
Data Publicação:04/06/2018
A taça da Copa do Mundo está de volta a Moscou. Neste domingo (3), ela chegou à capital russa vinda de São Petersburgo.

Um evento foi realizado na Praça Manej, logo atrás da Praça Vermelha. A cerimônia contou com a presença de Lothar Matthäus, capitão da Alemanha na conquista da Copa de 1990, na Itália.

Ele foi o responsável por revelar a taça ao público e erguê-la. Algo que ele espera que a Alemanha faça de novo neste ano.

"Claro que vejo a Alemanha como favorita e vou cruzar os dedos para que vença. Mas vejo Brasil e Espanha também como favoritos. E se Messi estiver bem por sete jogos, a Argentina tem chances", afirmou.

"Vamos esperar que a Rússia também vá longe para manter o clima festivo no país. Quem sabe não jogam uma final contra a Alemanha (risos)", disse.

O alemão também ressaltou a melhora do time brasileiro em relação a 2014. "Vi o jogo do Brasil contra a Alemanha [vitória de 1 a 0 em amistoso em março] e gostei de ver que o Brasil estava sem o Neymar e já não é tão dependente. Vejo uma seleção mais forte. Não gosto de dizer melhor, mas mais organizada", analisou.

"A Alemanha não precisa ser mais forte, precisa fazer igual em 2014", completou.

Um forte esquema de segurança foi montado para o evento em uma área cercada, pela qual só passavam convidados e jornalistas após passarem por detectores de metais.

Após algum tempo, turistas e moradores de Moscou que passavam pelo local tiveram o acesso liberado.

O retorno à sede da abertura e final do Mundial marca o fim do tour da taça, que teve início em 9 de setembro do ano passado no estádio Lujniki.

No primeiro estágio do tour, a taça passou por 16 cidades russas, totalizando mais de 16 mil quilômetros.

Em janeiro deste ano, teve início a parte internacional do tour, em Londres. Nesta fase, foram 65 cidades visitadas em 51 países de seis continentes durante três meses.

O Brasil acabou excluído desta fase internacional pela primeira vez desde que o tour foi lançado pela Fifa, antes da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha.

O retorno à Rússia aconteceu em 1º de maio. Desde então, a taça passou por Vladivostok, Novosibirsk, Iekaterinburgo, Samara, Kazan, Nijni Novgood, Rostov-do-Don e São Petersburgo.

Foi a viagem mais longa do objeto em uma parceria entre a Fifa e a Coca-Cola.

Em Moscou, ela ficará exposta ao público até quinta-feira (7) no Parque Gorki, um dos principais da cidade e localizado em uma área central.

No dia 9, a taça será exposta em um museu temporário que a Fifa terá em Moscou em um estúdio de carros da Hyundai, outra de suas patrocinadoras.

No dia 15 de julho, será entregue ao novo campeão mundial.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Na praia ou na piscina: Carla Perez ensina poses para fotos de verão
- Após processar Eduardo Costa, Fernanda Lima diz que desculpas não reparam o mal
- Ana Hickmann diz que está sendo perseguida por uma mulher
- Desmitificando a teoria conspiratória sobre a farsa do pouso do homem na Lua
- Meghan Markle quebra protocolo ao pintar unhas
- Susana Vieira diz ter feito sexo dentro de avião com desconhecido
- Alexandra Jackson lança vídeo de canção de Milton Nascimento
- Anitta brinca com Sabrina: Grávida há dois anos
- Susana Vieira está com leucemia, segundo colunista
- Luana Piovani rebate críticas após aparecer de biquíni: Tô nem aí
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.